Série A 15/04/2018 18h15 Atualizado às 18h33

Nico López sai do banco e faz os dois gols da vitória do Inter

O uruguaio começou a partida como reserva, mas entrou aos nove minutos e marcou os dois gols colorados, que venceu o Bahia

O retorno do Inter à Série A foi como o torcedor desejava: com festa e vitória. A equipe recebeu o Bahia na tarde deste domingo, 15, pela primeira rodada do Brasileirão, dominou as ações do jogo e venceu por 2 a 0 o time visitante. Os dois gols foram marcados pelo mesmo jogador, que foi o destaque da partida: Nico López. O curioso é que o uruguaio começou no banco. No entanto, antes que o cronômetro marcasse dez minutos Rossi sentiu dores, precisou ser substituído e ele entrou em campo para ser o autor dos tentos que garantiram os três pontos para o colorado. 

PRIMEIRO TEMPO 

Já no início da partida, o treinador Odair Hellmann precisou fazer uma mudança. Ao oito minutos, Rossi, que havia sido escalado como titular, foi derrubado e teve que ser substituído. Nico López entrou na vaga. Se por um lado a lesão do titular causou preocupação, a entrada de Nico foi crucial para que o resultado fosse positivo e o Colorado conquistasse os três pontos. O uruguaio logo mostrou iniciativa e partiu dele a primeira finalização colorada. Aos 21 minutos, a bola sobrou para Nico, que finalizou à direita do goleiro Douglas Friedrich.

Em uma cobrança de falta, o Inter voltou a concluir. D'Alessandro cobrou escanteio aos 26 minutos e Rodrigo Dourado desviou, para defesa fácil de Douglas. Em mais uma bola parada, o Colorado levou perigo ao gol do Bahia aos 33. O capitão argentino mandou a bola na cabeça de Rodrigo Moledo, que finalizou. No entanto, o jogador concluiu pra fora, muito perto da meta.

O primeiro gol colorado no retorno à Série A saiu aos 37 minutos e foi em uma conclusão do jogador que deveria estar no banco. Nico López concluiu de cabeça após um ótimo cruzamento de Patrick. 1 a 0 Inter! Aos 44, o Colorado ainda poderia ter aumentado a diferença no placar.  Pottker finalizou em cima do goleiro e, no rebote, D'Alessandro ficou com a bola. Da entrada da área, ele mandou uma bomba por cima do gol.

SEGUNDO TEMPO 

O segundo tempo começou com o Inter querendo mais. Vencendo, o time da casa dominava as ações da partida e não dava espaços para os visitantes criarem. Aos nove minutos, o aniversariante do dia, D'Alessandro, perdeu mais uma chance de anotar o seu. Nico López ajeitou e acionou o capitão, que mais uma vez mandou sobre o gol de Douglas. Foi a segunda chance desperdiçada por ele. 

Aos dez minutos, foi Nico López quem perdeu uma oportunidade. O uruguaio recebeu na entrada da área e finalizou, mas também foi alto demais. Ainda que tenha perdido uma chance, o dia era mesmo do jogador e foi ele que marcou o segundo gol dele e do jogo. Aos 15, ele tabelou com Edenilson e mandou para o fundo da rede, fazendo 2 a 0 Inter.

Enquanto o Inter levava perigo ao Bahia, o time visitante criava poucas oportunidades. Aos 17, os baianos finalizaram com perigo pela primeira vez na etapa. Zé Rafael chutou no cantinho direito, exigindo uma boa defesa de Marcelo Lomba. Os colorados não davam espaço para os visitantes criarem. Aos 23, o placar poderia ter ficado mais elástico, não fosse um erro de pontaria de Patrick. D'Ale acionou o jogador, que estava sozinho. Ele chutou muito longe.

Aos 40, Allione ainda tentou um chute de fora da área, mas mandou pra fora. Aos 41, Léo recebeu na esquerda, acionou Régis, que dominou e bateu de primeira. No entanto o jogador também errou a mira. Apesar das investidas no final do jogo, o Bahia não conseguiu se impor, criou pouco ao longo da partida e amargou uma estreia com derrota. 

Nos minutos fnais, D'Alessandro, que completa 37 anos neste domingo, foi substituído. Na saída, os cerca de 22 mil torcedores que se fizeram presentes no Beira-Rio aplaudiram o jogador. Na próxima rodada, o Inter viaja a São Paulo onde enfrenta o Palmeiras no domingo, 22, às 16 horas. O Bahia entra em campo no sábado, 21, às 16 horas, contra o Santos, na Arena Fonte Nova. 

BRASILEIRÃO
INTERNACIONAL 2 X 0 BAHIA

Local: Beira-Rio, Porto Alegre 
Data: 15 de abril de 2018, domingo
Horário: 16 horas
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Cartão amarelo: Pottker (Inter), Brenner (Inter)
Gols: Nico Lopéz (37 min/1ºT e 15 min/2ºT)

Internacional: Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Rossi (Nico Lopéz) e D’Alessandro (Gabriel Dias); Patrick e William Pottker (Brenner)
Técnico: Odair Hellmann

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Tiago, Douglas Grolli e Léo; Elton, Gregore, Elton, Vinícius (Regis), Zé Rafael (Allione) e Marco Antônio (Júnior Brumado); Edigar Junio
Técnico: Guto Ferreira