Brasileirão 2019 07/09/2019 17h48 Atualizado às 20h52

Gol de Rafael Sobis em pênalti dá vitória ao Inter diante do São Paulo

Com apenas três titulares, Colorado foi superior e conseguiu conquistar os três pontos em casa

O Internacional venceu o São Paulo por 1 a 0, com gol marcado por Rafael Sobis em cobrança de pênalti, neste sábado, 7, no Beira-Rio, pela 18ª rodada do Brasileirão. O Internacional assumiu a 5ª posição, com 30 pontos. O São Paulo é o 4º colocado, com 32 pontos. Na próxima rodada, o Internacional enfrenta o Atlético-MG no Independência, em Belo Horizonte, domingo, 15, às 11 horas. O São Paulo encara o CSA no Morumbi, domingo, 15, às 19 horas.

De olho da final da Copa do Brasil, o Internacional entraria em campo somente com Marcelo Lomba, Victor Cuesta e Patrick da formação considerada titular. O São Paulo recebeu o reforço do atacante Raniel, que havia cumprido suspensão contra o Grêmio. Na Seleção Brasileira, Daniel Alves seria o desfalque na equipe, assim como Antony, na seleção olímpica.

Foto: Ricardo Duarte/Internacional
O São Paulo criou a primeira oportunidade de gol. Liziero e Everton tabelaram e a bola sobrou para Raniel. O atacante girou sobre Victor Cuesta e bateu rasteiro no canto esquerdo. Marcelo Lomba se esticou para defender. Já aos 11, Everton passou pela marcação na esquerda, foi até a linha de fundo e rolou para trás. Tchê Tchê bateu forte, mas a bola subiu e saiu por cima da meta de Marcelo Lomba. A primeira finalização colorada foi aos 20 minutos. Nonato recebeu de Rafael Sobis na intermediária e bateu rasteiro à direita. Já aos 29, Patrick alçou a bola no centro da grande área e Nonato cabeceou por cima. Aos 35, Liziero foi desarmado por Nonato e Patrick acionou Rafael Sobis entre os zagueiros. O atacante finalizou e o goleiro Tiago Volpi espalmou para evitar o gol. Na sequência, Nonato cabeceou por cima após cruzamento de Patrick. Aos 39, Rafael Sobis cruzou da esquerda e Hudson cabeceou para trás ao tentar afastar. A bola passou rente à trave direita.

No segundo tempo, a primeira oportunidade foi do Inter. Aos três minutos, Liziero cometeu falta sobre Nonato. Rafael Sobis teve vantagem e conduziu a bola até arrematar da entrada da área por cima. Aos sete minutos, Gabriel Sara entrou na vaga de Liziero. Aos 12 minutos, Wellington Silva entrou na vaga de William Pottker. Ele havia viajado a madrugada toda após período na Espanha para prestar depoimento sobre caso envolvendo o ex-clube Levante. Aos 15, Guilherme Parede cruzou da direita e Wellington Silva cabeceou sem marcação. Tiago Volpi se esticou para espalmar e evitar o gol. Aos 17, Edenílson ingressou no lugar de Bruno Silva. Já aos 19, Gabriel Sara bateu rasteiro e Marcelo Lomba encaixou no canto esquerdo.

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Aos 20, Igor Vinícius substituiu Vitor Bueno. O árbitro assinalou pênalti para o Inter aos 29 minutos. Rafael Sobis cobrou falta e Hudson desviou a trajetória da bola com a mão na barreira. Rafael Sobis cobrou no canto esquerdo e deslocou o goleiro Tiago Volpi para abrir o placar. Logo depois, aos 32, Neilton entrou no posto de Nonato. No São Paulo, Fabinho ingressou na vaga de Juanfran. Aos 40, Rafael Sobis cobrou falta e Tiago Volpi soltou a bola ao defender. O goleiro se recuperou a tempo, antes da chegada dos atacantes colorados. No fim, o Inter garantiu o triunfo e somou mais três pontos em casa.

FICHA TÉCNICA
BRASILEIRÃO 2019 - 18ª RODADA
INTERNACIONAL 1 x 0 SÃO PAULO

Local:
Beira-Rio, em Porto Alegre
Data: 7 de setembro de 2019, sábado
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Michael Correia (RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Cartões amarelos: Bruno Silva (Internacional); Reinaldo, Liziero, Hudson, Anderson Martins e Igor Vinícius (São Paulo)
Gol: Rafael Sobis (Internacional) - 30min/2º

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor, Victor Cuesta, Klaus e Zeca; Bruno Silva (Edenílson), Nonato (Neilton), Patrick, William Pottker (Wellington Silva) e Guilherme Parede; Rafael Sobis
Técnico: Odair Hellmann

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran (Fabinho), Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson, Tchê Tchê, Liziero (Gabriel Sara) e Vitor Bueno (Igor Vinícius); Everton e Raniel
Técnico: Cuca