João Caramez 09/02/2019 11h35

Para soltar o grito

Parecia que, contra o Pelotas, o filme da partida com o Brasil iria se repetir

Parecia que, contra o Pelotas, o filme da partida com o Brasil iria se repetir. Cléverson abriu o placar, mas Reinaldo Dutra igualou para o time áureo-cerúleo. Quando o empate se desenhava, Luís Henrique testou para o fundo da rede e garantiu o triunfo do Avenida nos acréscimos. Andrey ainda fez uma defesa para salvar logo depois. Resultado fundamental. Vitória em casa para se afastar da zona de rebaixamento. A equipe mostrou mais atitude em relação ao empate com o Aimoré. Agora vem o duelo contra o Grêmio, domingo, para decidir a Recopa Gaúcha – tira-teima entre os campeões do Gauchão (o Tricolor) e da Copa Wianey Carlet (o Periquito) de 2018. Se houver empate, um ponto a mais para cada time no Campeonato Gaúcho e decisão da Recopa nas cobranças de pênaltis. 


No sufoco

O Internacional venceu o Brasil de Pelotas com um gol de Rodrigo Moledo ao aproveitar um erro grotesco da defesa xavante. O time colorado foi melhor em campo, criou as melhores oportunidades e mereceu vencer. Resultado que anima o torcedor e alivia um pouco a pressão, já que a outra vitória no Gauchão havia sido obtida na primeira rodada. Há o que melhorar para enfrentar o Caxias, mas voltar a vencer já foi importante para resgatar a confiança.


Sem percalços

No Gauchão, o Grêmio empatou com o Aimoré e venceu Novo Hamburgo, Juventude, São Luiz e Caxias por goleada. Até o momento, está em um estágio de tranquilidade na competição. Ainda conta com destaques entre os que não são considerados titulares, como Juninho Capixaba e Pepê. Diferente do ano passado, deve garantir a classificação com bastante antecedência.