Esporte 19/08/2019 21h52 Atualizado às 11h42

Acabou o tabu

O Internacional encerrou quase um ano de tabu no sábado ao vencer o Fortaleza fora de casa pelo Brasileirão

O Internacional encerrou quase um ano de tabu no sábado ao vencer o Fortaleza fora de casa pelo Brasileirão. Wellington Silva foi oportunista ao estar bem posicionado quando o goleiro deu rebote em chute de Guilherme Parede. Agora as atenções se concentram no duelo contra o Flamengo pelas quartas de final da Libertadores, amanhã, no Maracanã. É substancial que o Inter consiga ao menos um empate com gols, em razão do saldo qualificado. O Flamengo está empolgado após a goleada sobre o Vasco em Brasília. Gabriel Barbosa é artilheiro no Brasileirão.

Capítulo 2
No sábado, o Grêmio sofreu um gol cedo, em boa trama do Palmeiras. Depois, dominou a posse de bola, embora sem objetividade na maioria das vezes. Apesar de ser pouco ameaçado, conseguiu o gol de empate no segundo tempo por meio de um artifício cada vez mais raro no futebol brasileiro: o chute de fora da área. O zagueiro David Braz acertou um petardo no ângulo. Para o reencontro de hoje na Arena, desta vez pelas quartas de final da Libertadores e com os titulares, uma lição que ficou é exatamente esta: precisa finalizar, abrir espaço e chutar para o gol. O toque e o drible a mais, na maioria das vezes, não produzem nada além da perda da bola. Neste caso, o Palmeiras vai estar pronto para o contra-ataque, que pode ser mortal.

Copinha
No próximo sábado, às 15 horas, no Passo d’Areia, em Porto Alegre, o Avenida inicia a jornada em busca do bicampeonato da Copinha do segundo semestre, neste ano batizada de Seu Verardi. A estreia será contra o São José. Nos amistosos, vitória contra o Real e derrotas para Aimoré e Juventude. Boa sorte, Periquito!