Chorava de fome 17/08/2018 17h25

Bebê afastado da mãe é amamentado por policial em hospital argentino

Com ajuda médica, o recém-nascido está se recuperando de um estado de desnutrição

A policial argentina Celeste Ayala, do Comando de Patrulhas de Berisso, município da província de Buenos Aires, se popularizou nas redes sociais por um gesto de amor na última terça-feira, 14.

Ela estava fazendo um serviço adicional como segurança no Hospital Infantil Sor Maria Ludovica quando ouviu o choro incessante de um bebê. Celeste, que deu à luz recentemente, pediu permissão para amamentá-lo. Por instinto, soube que o motivo era fome.

Segundo relatos ao jornal La Nacion, a criança teria sido separada de sua mãe após uma ordem judicial. Mais novo de seis filhos, o bebê estava no hospital para se recuperar de uma aparente desnutrição.

O colega Marcos Heredia ficou emocionado com a ação e compartilhou no Facebook. A publicação recebeu diversas mensagens de elogios e apoio e, em pouco tempo, se tornou viral, com 133 mil curtidas e 100 mil compartilhamentos.