Tempestade tropical 14/09/2018 20h24

Florence perde força, mas faz quatro vítimas nos Estados Unidos

Olho do furacão atingiu a costa leste às 8h15 (de Brasília) com ventos de até 150 quilômetros por hora

O Florence, que era um furacão de categoria 1 quando atingiu a costa dos Estados Unidos nesta sexta-feira, 14, se transformou em uma tempestade tropical, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) em um boletim divulgado às 18 horas (de Brasília).

O olho do furacão chegou ao estado de North Carolina às 8h15 (de Brasília), com ventos de 150 quilômetros por hora. Depois, passou a perder força e os ventos constantes passaram a ser de 110 quilômetros por hora. De acordo com o governador Roy Cooper, aproximadamente 650 mil pessoas estão sem energia. Ainda segundo Cooper, 20 mil pessoas deixaram suas casas e foram levadas para abrigos. Mais de 60 rodovias apresentam alagamentos e há registros de muitas árvores caídas.

Até o momento, quatro mortes foram registradas. Uma mãe e um bebê morreram em Wilmington quando uma árvore caiu sobre a casa deles e uma pessoa morreu ao tentar ligar um gerador no condado de Lenoir. A quarta vítima foi uma mulher no condado de Pender. Ela sofreu um ataque cardíaco e não foi socorrida a tempo porque bloqueios de estrada impediram a chegada dos paramédicos. A quinta, de acordo com a CNN, é um idoso de Kinston, que saiu de casa para checar seus cães e foi derrubado pelo vento.

O presidente Donald Trump viajará na próxima semana para as áreas afetadas, informou a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, em um comunicado. Trump irá para as áreas afetadas "uma vez que seja determinado que sua viagem não atrapalhará os esforços de resgate ou recuperação", disse ela.