Mundo 24/01/2019 11h31

Na Venezuela, 13 já morreram em protestos contra Maduro

Manifestações desta quarta-feira deixaram cerca de 20 detidos

O Ministério Público da Venezuela informou nesta quarta-feira, 23, que vai investigar seis mortes ocorridas durante os protestos contra o governo do presidente Nicolás Maduro. A ONG Observatório Venezuelano de Conflito Social, porém, afirmou que 13 mortes foram registradas em 24 horas em Caracas e nos Estados de Táchira, Barinas, Portuguesa, Amazonas e Bolívar. O governo do Estado de Táchira confirmou a morte de três pessoas.

Os protestos desta quarta-feira deixaram cerca de 20 detidos e foram a primeira grande queda de braço entre Maduro e a oposição nas ruas, após as manifestações que deixaram 125 mortos entre abril e julho de 2017.