Oktoberfest 13/10/2017 19h49

Domingo é dia de desfile temático no Centro de Santa Cruz

Parada ocorre a partir das 10h30, na Rua Marechal Floriano, e promete encanto e alegria ao público

Foto: Rodrigo Assmann

O último dia da 33ª Oktoberfest promete muita alegria e encanto para os visitantes. A partir das 10h30 deste domingo, 15, a Rua Marechal Floriano, no Centro de Santa Cruz do Sul, será palco de mais um desfile temático da Festa da Alegria, que retratará o tema desta edição, Arte, Tradição e Fé. “Infelizmente, o segundo desfile teve que ser cancelado devido ao mau tempo. Para este domingo, aguardamos ansiosos a presença de um grande público”, comenta o presidente da festa, Djalmar Ernani Marquardt. A primeira edição da atração aconteceu no domingo passado, 8, e contou com a presença de 30 mil pessoas. “Foi um sucesso absoluto. Acreditamos que este será ainda mais especial”, acrescenta Marquardt.

A parada apresenta ao público a temática da 33ª edição da Festa da Alegria através de nove carros alegóricos, criados e confeccionados pelo artista Sérgio Ávila, sob a coordenação de João Goerck e Berenice Bohnen. “Ao todo, serão 2,2 mil figurantes, mostrando toda a tradição e alegria dos desfiles da Oktoberfest ”, enfatiza Marquardt. A primeira alegoria, patrocinada pela Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), homenageia a tradição da família, por meio da presença dos símbolos da festa – o casal Fritz e Frida e os filhos Max e Mili -, com o objetivo de destacar a importância do clima familiar e agradável que sempre se busca oportunizar na Oktoberfest.

O segundo carro alegórico apresenta o tema em forma de livro. O objetivo desta alegoria, patrocinada pela Associação Atlética Philip Morris, é transmitir a riqueza cultural do povo de Santa Cruz do Sul, feita por meio de várias linguagens da arte, com destaque para dança, música, artes plásticas e teatro. Já a terceira alegoria da parada apresenta o castelo de sonhos das soberanas da 33ª Oktoberfest - a rainha Milena Maiara Rachor e as princesas Thartieri Assmann e Milena Gehrke -, bem como a quarta, relembra a religiosidade e todas as crenças trazidas e cultivadas pela imigração alemã na região. O carro tem como apoio a empresa Excelsior e dá ênfase aos 500 anos da Reforma Luterana.

Uma das mais expressivas artes de comunicação, o teatro, está retratada no quinto carro alegórico, patrocinado pela Universal Leaf Tabacos. Ele é uma homenagem aos imigrantes e os cidadãos santa-cruzenses, desde sua chegada e existência na cidade, com a alegria da música, dança e pintura. A sexta alegoria representa, com o apoio da Souza Cruz, a tradição dos casamentos, dando ênfase às festividades e aos trajes tradicionais, desde o século 17, na Alemanha, quando as noivas usavam vestidos pretos. As festas eram sempre acompanhadas da dança da integração, a polonaise.

O sétimo carro, que tem como patrocinador a empresa Mor, apresenta a tradição dos jogos germânicos, a forma de diversão que tradicionalmente reunia as comunidades do interior nas tardes de domingo. Com patrocínio da JTI, a oitava alegoria representa a tradição dos bailes de Kerb e as tradicionais cucas. A dança, os festejos, a alegria e irreverência dos imigrantes alemães nos bailes de Kerb duravam por muitos dias, sempre unindo as comunidades, integrando com momentos da gastronomia, com o famoso prato de cucas e linguiça. Já o nono e último carro é o famoso Bierwagen, o carro do chopp, que distribui a bebida ao público presente. Ele representa uma das tradições de todas as edições da Oktoberfest.