Por dentro da Oktober 10/10/2018 23h43 Atualizado às 14h13

Cachorro do Alemão é tradicional na festa. Já provou?

Cozinheira de Porto Alegre trouxe o produto ao evento há 20 anos

Há 20 anos, a cozinheira porto-alegrense Geni Dias trouxe para a Oktoberfest a proposta de fazer um cachorro quente diferente. Nascia assim o Cachorro do Alemão. O lanche, que tem 30 centímetros de comprimento, leva condimentos como maionese, mostarda e ketchup. “A linguiça é de carne suína, feita aqui em Santa Cruz. A gente utiliza dois molhos, que são segredos de família”, justifica.

Geni não revela a receita por nada deste mundo. Ela já está há tanto tempo em Santa Cruz, durante o período da Oktoberfest, que até arranha umas palavras em alemão e brinca com todos que passam por sua casa na Vila Típica. “Precisamos bater a meta! Venha conferir o Cachorro do Alemão”, anuncia. Segundo ela, em uma noite, a equipe chega a montar mil sanduíches. O Cachorro do Alemão custa R$ 16,00.

Últimos detalhes

Momentos antes da abertura oficial da 34ª Oktoberfest, a comissão executiva da feira vistoriava no parque os últimos detalhes da montagem das estruturas da Festa da Alegria. De acordo com o presidente da Associação de Entidades Empresariais de Santa Cruz do Sul (Assemp), Léo Schwingel, nos primeiros dias de Oktoberfest é que as coisas começam a ir para o lugar. “Nós temos expositores que chegam mais próximo do fim de semana, na intenção de reduzir custos com hospedagem durante a feira. Esta é a hora de conferir o que ainda falta ser finalizado”, justifica.

No pórtico, Schwingel, o vice-presidente de Eventos da Assemp, Marcio Martins, e a presidente da Oktoberfest, Andreia Mundstock, estavam ansiosos pelo início da festa. “A gente está na expectativa. O parque está lindo, e os visitantes irão se surpreender com a quantidade de atrações”, disse.

LEIA MAIS: Por dentro da Oktober: coluna vai contar curiosidades da festa

Falando em ajustes...

Ainda na tarde dessa quarta-feira, o ajardinamento da Vila Típica estava sendo finalizado. Foram utilizados 60 vasos de flores posicionados entre os canteiros e espaços destinados ao passeio dos visitantes. Correria também para fixar banners, faixas e adesivos em frente a estantes e lojas. No pavilhão da Feirasul, o empresário Thales Heisenhardt coordenava a montagem do espaço destinado à exposição de produtos capilares e cosméticos. Ele conta que a intenção em participar da Oktoberfest é divulgar as marcas que a empresa representa. Hoje o parque e as atrações da Oktoberfest abrem às 14 horas.

LEIA MAIS