Preparação 07/01/2019 00h06 Atualizado às 10h40

Avenida tem mais um jogo-treino nesta terça

No sábado, Periquito bateu o Grêmio B por 2 a 0 em Eldorado do Sul e agora enfrenta o São José em duelo marcado para os Eucaliptos

Depois de vencer o time de transição do Grêmio por 2 a 0 na tarde desse sábado no CT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul, o Avenida vai repetir a atividade, desta vez contra o São José amanhã, nos Eucaliptos, a partir das 16 horas. Serão quatro tempos de 25 minutos cada. É o penúltimo teste antes da estreia no Gauchão, no próximo dia 20 diante do Veranópolis, na Serra. No sábado que vem, às 17 horas, a equipe alviverde enfrentará o Pelotas em amistoso na Boca do Lobo.

Na Região Metropolitana, o Avenida superou o Tricolor com gols marcados no segundo tempo. Aos 7 minutos, Flávio Torres aproveitou escanteio cobrado por Maurício e abriu o placar, enquanto Tito fechou a conta aos 46. Assim, os comandados do técnico Fabiano Daitx se recuperaram da derrota de 3 a 0 para o São Luiz no dia 29 de dezembro, em Santa Cruz do Sul, no primeiro amistoso da pré-temporada.

Ontem, o Periquito completou 75 anos de fundação e programou um jantar comemorativo amanhã às 20h30, na sua sede social, nos Eucaliptos. O convite custa R$ 40,00 mediante reserva até as 12 horas do mesmo dia, pelo telefone (51) 2109 1632 ou na secretaria do estádio. “É um ano especial na história do nosso clube. Temos a expectativa de poder colher grandes resultados dentro das competições que estão disponíveis para participarmos, para coroar esses 75 anos com mais vitórias. Quero parabenizar o clube e os seus torcedores por essa linda história, que está culminando com essa condição de disputarmos a Série D do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e o Gauchão. Espero a presença do torcedor nesta terça-feira para que possamos fazer o clube ficar cada vez maior”, destacou o presidente do Avenida, Jair Eich.

A evolução nos últimos 12 anos é referendada pelo presidente do Conselho Deliberativo, Ivan Textor. “O Avenida sempre foi muito forte na segunda divisão e na primeira sempre foi a zebra, mas agora, nesse último ano, fizemos uma campanha extraordinária. Conseguimos as vagas para a Série D e a Copa do Brasil, ou seja, em termos de futebol, o clube nunca esteve no patamar que está hoje”, exaltou Ivan, que é sócio há 39 anos e trabalha diretamente nos Eucaliptos desde 2008.

Segundo ele, as competições nacionais são importantes, mas o grande desafio em 2019 será a manutenção na elite do futebol estadual. “É um torneio muito difícil, são apenas 11 jogos. Vamos disputar seis partidas fora e cinco em casa. Temos de pensar jogo a jogo e vamos ver o que vai dar”, comentou.