Beto Patta 19/04/2019 23h12 Atualizado às 10h40

Incontestável

Os números reforçam uma campanha histórica e invicta do Grêmio

Os números reforçam uma campanha histórica e invicta do Grêmio. Em 17 jogos, foram 11 vitórias e seis empates, com 38 gols marcados e apenas um sofrido. Os dois clássicos contra o Internacional foram equilibrados, mas o Tricolor levantou a taça merecidamente pela segunda vez consecutiva. Porém, o clima de festa passou e tudo é Libertadores. O duelo contra o Libertad, no Paraguai, vale o semestre. Para não depender de resultado paralelo, só a vitória interessa. O título gaúcho deu confiança ao elenco de Renato Portaluppi. Resta superar o líder do Grupo H, que ainda não perdeu no torneio continental. Dificuldades à vista. Mas para seguir adiante, até isso precisa ser driblado.
 

Fortalecido

Mesmo perdendo o título para o arquirrival, o Internacional mostrou que vai brigar forte pelas outras três competições – Libertadores, onde já está classificado às oitavas de final, Brasileirão e Copa do Brasil. Odair Hellmann não tinha um leque de opções no banco de reservas e isso será fundamental em um calendário difícil e extenso. As atuações nos Gre-Nais deixaram o torcedor satisfeito. Penso que o Inter desperdiçou a chance de levantar o caneco no primeiro duelo da decisão. Alternativas existem, mas é preciso saber usá-las para que o Colorado continue sendo apontado como favorito a conquistar títulos.
 

Em ação

Sábado é dia de jogos para Avenida e Santa Cruz. O Periquito faz teste forte contra o time de transição do Grêmio, de olho na inédita disputa da Série D do Brasileiro. Já o Galo tem uma pedreira contra o Gaúcho em Passo Fundo. O adversário foi até a final da Copinha em 2018, quando perdeu para o Avenida.
Feliz Páscoa a todos!