Tribuna 10/02/2018 15h57

Um é pouco, três também

A polêmica sobre o recesso parlamentar na Câmara de Santa Cruz ainda vai esquentar

A polêmica sobre o recesso parlamentar na Câmara de Santa Cruz ainda vai esquentar. Além dos três projetos já em tramitação, um novo deve ser protocolado na semana que vem. Carlão Smidt (PTB) estuda entrar com uma proposta alternativa às já apresentadas por Alex Knak (MDB) e Edmar Hermany (Progressistas).

Ah, insensatez
Em conversas com outros vereadores nos últimos dias, Carlão tem dito que sua ideia é propor um caminho “mais sensato”. Em novembro, quando a Câmara rejeitou um projeto de Knak que reduzia de 60 para 30 dias o período do recesso, Carlão foi um dos que votaram contra.

Foi pro saco
O Ministério Público de Santa Cruz arquivou um inquérito aberto no ano passado a partir de uma denúncia relativa ao uso do bordão “Viver aqui é bom demais” em documentos oficiais da Prefeitura. O motivo: o governo conseguiu aprovar na Câmara um projeto que transformou a frase, criada pela gestão de Telmo Kirst, em slogan oficial do Município.

Com quem será
Ainda falta uma eternidade até a próxima eleição municipal, mas já há quem aposte em possibilidades para concorrer à sucessão de Telmo Kirst em 2020. Comenta-se que o nome do advogado Léo Schwingel, ex-secretário de Desenvolvimento Econômico e atual presidente da Assemp, teria simpatia tanto do meio empresarial quanto de setores do governo.

Começo de conversa
A campanha salarial do funcionalismo de Santa Cruz vai ser lançada ainda em fevereiro. O Sindicato dos Funcionários Municipais (Sinfum) pretende convocar uma assembleia, na qual também estará em pauta o imposto sindical.

De papo
Em uma conversa há poucos dias com o presidente do PSDB em Santa Cruz, Paulo Jucá, o vereador Carlão Smidt assegurou que a sua saída do PTB é irreversível. Ainda não há martelo batido, mas são grandes as chances de Carlão migrar para o ninho tucano. A “janela”, no entanto, só deve se abrir em 2020.

Olho na Santinha
O ex-prefeito de Venâncio Aires, Airton Artus (PDT), vem galgando apoio junto a lideranças pedetistas em Santa Cruz para sua candidatura a deputado estadual este ano. Artus quer conquistar o apoio fechado do maior diretório da região – o que está perto de acontecer.