Cultura 02/07/2020 20h01 Atualizado às 21h41

Um livro

Às terças e quintas-feiras, um colaborador da Gazeta vai compartilhar a dica de um livro, um filme e um álbum musical com os leitores, como um estímulo cultural

Para quem procura boa literatura brasileira sem precisar se socorrer dos clássicos, o romance O tribunal da quinta-feira, do porto-alegrense Michel Laub, é uma excelente opção. Leitura rápida, intensa, de qualidade e que trata de um tema bem atual. A história é a de dois amigos submetidos a julgamento público após uma conversa privada ter sido vazada na internet.

Foto: Divulgação


Um filme
Obras que tratam de questões estruturais da sociedade, como o machismo, existem aos montes. Sem cair em estereótipos baratos, nem tanto. A vida invisível, do cearense Karim Aïnouz, consegue. Com atuações impecáveis, o filme discute o drama da mulher a partir do desencontro de duas irmãs no Rio de Janeiro dos anos 40 e 50.

Foto: Divulgação


Um disco
Se você nunca parou para ouvir com atenção uma canção de Chico César, recomendo que o faça. Ao menos para mim, o trabalho deste paraibano se equivale em qualidade aos grandes compositores da MPB. Estado de poesia, lançado em 2015, é uma pérola, com muita brasilidade, romantismo e crítica social. A faixa-título é de uma beleza ímpar, e Caracajus é puro encanto linguístico. Vale a pena!

Foto: Divulgação


A série: nesta seção, às terças e quintas-feiras, um colaborador da Gazeta vai compartilhar a dica de um livro, um filme e um álbum musical com os leitores, como um estímulo cultural.

LEIA OUTRAS COLUNAS DE PEDRO GARCIA