Sinimbu 12/06/2018 15h40 Atualizado às 20h12

Homem é resgatado no interior de Sinimbu; veja o vídeo

Ele tentou passar por uma ponte submersa, mas a força da água arrastou o veículo e os animais

Foto: Bruno Pedry

Resgate foi feito com a técnica tirolesa e durou cerca de 20 minutos
Resgate foi feito com a técnica tirolesa e durou cerca de 20 minutos

Um homem ficou preso em galhos depois da charrete que conduzia ser levada pela correnteza de um rio em Linha Bismarck, no interior de Sinimbu, por volta das 14 horas desta terça-feira, 12. De acordo com a Polícia Civil, dois cavalos levavam a charrete e também desapareceram nas águas. O homem é José Eli Paz, de 68 anos, morador de Linha São João.


Segundo a Polícia Civil, o pontilhão por onde Paz tentou passar estava submerso, com cerca de 30 centímetros de água sobre ele, devido à chuva das últimas horas. A vítima tentou fazer a travessia porque havia pouca quantidade de água, porém, a correnteza estava forte. José também foi arrastado pela correnteza, mas, por sorte, cerca de 50 metros de distância do pontilhão, conseguiu se segurar em galhos para não ser mais levado pela água.

Ele começou a gritar por socorro e ficou aguardando por um bom tempo, até que um morador das proximidades ouviu e acionou a Brigada Militar de Sinimbu e o Corpo de Bombeiros de Santa Cruz do Sul. 

Um dos cavalos e a charrete foram encontrados cerca de 12 quilômetros do pontilhão
Foto: Reprodução/WhatsApp

O homem foi resgatado por volta das 16h30. A charrete e os cavalos não foram encontrados.  O resgate levou cerca de 20 minutos e a técnica utilizada foi a chamada tirolesa. Uma corda foi amarrada nas margens do rio e na árvore. José foi, então, preso na corda e puxado até chegar à margem. Ele não sofreu nenhum ferimento e passa bem. Há cerca de cinco anos, um tradicionalista que fazia uma cavalgada morreu no mesmo local do acidente desta terça.

LEIA MAIS

 


Fotos: Bruno Pedry


Fotos: Ana Cláudia Müller