Santa Cruz 10/10/2018 23h06 Atualizado às 21h03

Tiro que matou adolescente no Bairro Pedreira foi disparado acidentalmente por um amigo da vítima

O acidente aconteceu na noite dessa quarta-feira, 10, por volta das 19 horas

O adolescente morto na noite dessa quarta-feira, 10, no Bairro Pedreira, em Santa Cruz do Sul, foi vítima de um tiro acidental, segundo a Polícia Civil. De acordo com a delegada Lisandra de Castro de Carvalho, titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e responsável pela investigação do caso, o jovem e mais dois amigos estavam no interior da casa de um deles, pelas 19 horas, quando o acidente aconteceu. O adolescente que mora na residência manuseava uma pistola, que ele acreditava estar sem munição, e acabou disparando contra o amigo. 

O tiro atingiu a cabeça do menor, identificado como Cleber Tevair Correa, de 14 anos. De acordo com a Brigada Militar, o adolescente chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Pronto-Atendimento do Hospital Santa Cruz, mas não resistiu ao ferimento. O corpo está sendo velado na Capela da Ressurreição, no Cemitério Municipal de Santa Cruz do Sul. O sepultamento ocorre amanhã às 10 horas. Os serviços fúnebres estão com a funerária Halmenschlager.

Conforme Lisandra, o caso foi encaminhado ao Ministério Público. O autor do disparo, um adolescente de 16 anos, vai responder por ato infracional. "Como não foi um ato praticado com violência intencional, ele não deve ser encaminhado para a Fase, mas deve cumprir outro tipo de medida socioeducativa", detalhou. A procedência da arma não foi revelada pelo menor.

Adolescente morreu após tiro acidental
Adolescente morreu após tiro acidental