Vera Cruz 23/11/2018 15h37 Atualizado às 16h19

ÁUDIO: facção estaria ameaçando suspeito de estuprar adolescente

Vítima teria sido violentada a caminho da escola na última terça-feira

O homem apontado pela Polícia Civil de Vera Cruz como o principal suspeito de ter estuprado uma adolescente de 15 anos no município, na última terça-feira, 20, estaria agora na mira de uma facção. Desde essa quinta-feira, 22, circula em grupos de WhatsApp pelo menos dois áudios e uma suposta foto do suspeito que teriam sido divulgados por membros da facção Os Manos - que desde 2013 comanda o narcotráfico no Vale do Rio Pardo - ameaçando matar o o suspeito.

LEIA MAIS

As mensagens de áudio, cada uma com pouco mais de 20 segundos, pedem que os comparsas da facção "passem a visão em todas as quebradas" em busca do homem, e informem a localização do suspeito. O autor da mensagem afirma que o homem está sendo "procurado por mais de 50 mil Manos" e que "tem uma legião atrás dele". Ele diz ainda que irão "picar" o suspeito e "colocar uma parte em cada canto da cidade". 

O delegado que comanda a investigação do caso, Paulo Schirrmann, afirma que teve acesso aos áudios e não descarta a possibilidade de serem verdadeiros. "É muito provável que tenham sido mesmo enviados pelos membros dessa facção. Por se tratar de um estupro, o suspeito corre risco estando solto ou preso", comentou.

Nessa sexta-feira, o material genético do suspeito, coletado na manhã dessa quinta-feira no Instituto Geral de Perícias (IGP) de Santa Cruz do Sul, foi enviado para análise em Porto Alegre. O DNA será comparado com uma amostra de fluído encontrada do corpo da adolescente.