Polícia 26/11/2018 08h56 Atualizado às 18h15

Casal é encontrado morto no interior de Venâncio Aires

Conforme a polícia, trata-se de um feminicídio seguido de suicídio

Um homem matou a ex-companheira e depois tirou a própria vida no interior de Venâncio Aires. O casal foi encontrado na manhã desta segunda-feira, 26, em Linha Palanque. Os dois, identificados como Rui Jorge de Borba, de 62 anos, e Iris Fortes de Campos, de 59, foram localizados nus, no quarto da casa dela.

Conforme o delegado Vinícius Lourenço Assunção, os dois tiveram um relacionamento no passado, mas atualmente não estariam mais juntos. “A princípio eles teriam uma boa relação. Tanto que ontem pela manhã tomaram chimarrão juntos. Foi a última vez que eles foram vistos”, explicou.

Na casa, foi encontrado um bilhete escrito por Borba. No recado, ele contava que matou a ex-companheira “porque gostava muito dela”. A polícia acredita que o feminicídio tenha sido motivado por ciúmes. Depois de atirar em Iris, o homem deu um tiro no próprio rosto. A arma utilizada no crime foi encontrada na mão de Borba. Os dois foram localizados por volta das 8 horas.

Para o delegado Vinícius, está claro que o caso se trata de um feminicídio seguido de suicídio. Os corpos foram retirados do local e encaminhados para necropsia. Familiares acompanharam nesta manhã o trabalho da Polícia Civil, em frente à casa de Iris.