Santa Cruz 10/01/2019 14h50 Atualizado às 15h03

Polícia Civil prende duas pessoas pela morte de jovem no Belvedere

Vítima foi assassinada em um bar na Rua João Werlang

Dois homens apontados como os autores da morte do jovem Leonardo Cassiano Lopes da Silva foram presos pela 1ª Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Sul. Um dos suspeitos havia sido capturado ainda em dezembro, 11 dias após o homicídio, durante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva. Nessa segunda-feira o último suspeito foi detido, em via pública, no Bairro Bom Jesus. Ambas as prisões contaram com apoio da 2ª DP.

Leonardo tinha 23 anos quando foi assassinado no dia 8 de dezembro, em um bar na Rua João Werlang, no Bairro Belvedere. Por volta de 00h15, os dois suspeitos teriam chegado em um carro ao estabelecimento onde a vítima jogava bilhar com familiares e um deles teria descido do veículo, disparando de quatro a cinco vezes contra Leonardo. O rapaz chegou a ser encaminhado ao Hospital Santa Cruz (HSC) por familiares e recebeu atendimento, mas não resistiu aos ferimentos.

A delegada Ana Luísa Aita Pippi, que conduziu as investigações, conta que a vítima não tinha antecedentes criminais. "Estamos averiguando um possível envolvimento dele com o tráfico de drogas. Ao que tudo indica ele e os suspeitos estariam traficando em lados opostos e teriam uma rixa entre si", detalhou. O celular da vítima e de um dos acusados deve passar por perícia nos próximos dias. O nome dos suspeitos, que já foram indiciados pelo homicídio, não foi divulgado pela polícia.

LEIA MAIS: Um dossiê dos crimes que apavoraram Santa Cruz em 2018