Feminicídio 05/05/2019 16h45 Atualizado às 12h45

Mulher de 19 anos é morta a enxadadas em Venâncio Aires

Vítima teria sido atingida com golpes na cabeça durante uma discussão com o companheiro

Uma mulher de 19 anos foi morta pelo companheiro com golpes de enxada na tarde deste domingo, 5, em Venâncio Aires. De acordo com informações da Brigada Militar, os policiais foram chamados para atender uma ocorrência de violência doméstica em Linha Coronel Brito. Quando chegaram ao local, por volta das 15h30, os policiais encontraram a vítima, morta a enxadadas. Segundo a BM, ela foi identificada como Júlia Graziela de Mattos Correa.

De acordo com a Polícia Civil, o casal residia com a família da vítima. Nesta tarde, os dois teriam discutido e o homem a atingiu com golpes na cabeça. Os pais da jovem, o irmão dela e o filho do casal, de 3 anos, estavam em casa no momento do crime. Júlia era natural de Venâncio Aires, enquanto o homem, é de Canoas. Os dois chegaram a morar recentemente juntos em Montenegro. A mulher não possuía histórico de registro de violência doméstica. O suspeito do crime, identificado como André dos Santos Nepomuceno, de 32 anos, teria antecedentes de ameaça contra outra mulher.

Júlia tinha 19 anos
Júlia tinha 19 anos

 

Ainda conforme a Polícia Civil, antes de fugir do local, o homem teria ameaçado o irmão de Júlia. A Brigada Militar pede que se alguém localizar o suspeito que tem pele clara, cerca de 80 quilos, cabelo castanho e em torno de 1,60 de altura, avise através do telefone 190. A BM acredita que ele possa tentar voltar para Montenegro pegando carona às margens da rodovia. 

De acordo com a Funerária Kist, o velório da jovem deve começar por volta das 13 horas na comunidade de Linha Ponte Queimada. Às 16 horas está prevista a encomendação do corpo e em seguida o sepultamento no cemitério de Linha Ponte Queimada.