Venâncio Aires 31/05/2019 08h11 Atualizado às 09h31

Operação prende seis gerentes do tráfico de drogas

Seis foram presos por comandar a venda de entorpecentes; outra pessoa foi detida em flagrante com uma arma de numeração raspada

A gerência do tráfico de drogas em Venâncio Aires foi desarticulada na manhã desta sexta-feira, 31, após uma ação da Polícia Civil. A Operação Gerência prendeu sete pessoas nos bairros Aviação, Gressler e no Centro. Ao todo, foram detidos cinco homens e duas mulheres. Conforme o delegado Felipe Staub Cano, que comandou a ação, os policiais cumpriram onze mandados de busca e apreensão e seis de prisão preventiva. Dos presos, seis atuavam com gerentes do tráfico. Os nomes ainda não foram divulgados pela polícia. 

Os traficantes foram localizados em casa. “Não eram locais de venda de drogas, eram onde eles moravam. Justamente por estarem em um escalão um pouco mais alto na traficância, eles não faziam a venda na própria residência. Eles têm os pontos de tráficos em outros locais”, explica o delegado. Entre os seis, um deles comandava todos os outros e seria o gerente maior. 

O sétimo homem foi preso em flagrante com uma arma de numeração raspada. Ele foi encontrado em um bar alvo da operação no Bairro Aviação. Segundo o delegado, a polícia irá investigar se o homem tem envolvimento com o tráfico. Um outro suspeito, que tinha autorização de posse de arma de fogo foi detido pela polícia pois estava com o objeto no bar. 

A investigação iniciou há dois meses após apreensões de entorpecentes. “Devido a outras diversas apreensões em pontos gerenciados por essas pessoas presas, nós tivemos a segurança de que eles trabalham e gerenciam o tráfico de drogas na cidade”, destaca. O objetivo da ação não foi apreender drogas, pois segundo o delegado, os gerentes não costumam guardar os entorpecentes em casa. 

A polícia encontrou pequenas quantidades, que, provavelmente, seriam de uso dos próprios traficantes. Além disso, apreendeu celulares que serão incluídos na investigação. Policiais de Venâncio Aires, Santa Cruz do Sul, Rio Pardo, Lajeado, Taquari e Teutônia participaram da operação.