Política local 06/06/2019 14h45

Telmo Kirst pede para sair do diretório do PP; entenda

Prefeito disse que não autorizou inclusão de seu nome na chapa que foi eleita em convenção no mês passado

Em mais um capítulo da briga entre Telmo Kirst e o PP, o prefeito de Santa Cruz do Sul pediu para sair do diretório municipal do partido. O presidente da sigla, o ex-secretário Henrique Hermany, confirmou que foi notificado via cartório nesta quinta-feira, 6.

A nova composição do diretório progressista no município foi eleita no dia 18 de maio. Telmo não compareceu à convenção, mas foi incluído na chapa única porque, tradicionalmente, quem possui mandato é considerado membro nato do diretório. No documento encaminhado à presidência, ao qual a Gazeta do Sul teve acesso, Telmo diz que não foi consultado sobre a inclusão de seu nome e que havia manifestado, por intermédio do chefe de gabinete Delsio Meyer na véspera da convenção, a intenção de não fazer parte do diretório. “Considero uma afronta não ter sido atendido com o pedido feito através do meu chefe de gabinete”, disse.

Procurado, Henrique Hermany preferiu não comentar e disse que irá responder diretamente ao prefeito, por escrito. Embora Telmo siga filiado, o pedido de afastamento do diretório do PP é interpretado como um sinal claro de que o prefeito não tem planos de retomar a aliança com alas tradicionais do partido.

Foto: Divulgação