Crime 03/07/2019 12h16 Atualizado às 18h34

Polícia Civil faz a maior apreensão de drogas do ano em Santa Cruz

Foram encontrados 25 quilos de cocaína em uma propriedade às margens da RSC-287

A Polícia Civil apreendeu 25 quilos de cocaína pura na manhã desta quarta-feira, 3, em Santa Cruz do Sul. Conforme a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), que comanda a operação, ainda foram encontrados 2 quilos de maconha, crack e um revólver calibre 38, com a numeração raspada.

A apreensão foi realizada em uma propriedade rural, na divisa entre Santa Cruz e Vera Cruz, às margens da RSC-287. Durante a ação, ainda foram presos um jovem de 19 anos e um homem de 49 anos, ambos com antecedentes por tráfico. Conforme a Polícia Civil, o homem de 49 anos já havia sido preso na mesma propriedade, em 2014, por tráfico de drogas. Ele foi solto em 2017 e atualmente era encarregado de armazenar os entorpecentes no local.

A droga pura teria sido buscada na Região Metropolitana e seria usada para abastecer os pontos de tráfico de Santa Cruz do Sul. Conforme o delegado Marcelo Chiara Teixeira, os locais seriam liderados pela facção Os Manos. A droga seria vendida apenas para a elite santa-cruzense, sem ser diluída. Com 98% de pureza, o entorpecente é conhecido como escama de peixe.

O entorpecente ficava escondido em tonéis enterrados na propriedade. A operação foi batizada de Hermes, que é o deus grego das estradas e viagens. A operação recebeu este nome por investigar o transporte da droga até Santa Cruz. O valor da cocaína apreendida foi estimado em R$ 700 mil. Cada grama da cocaína custa R$ 50,00.

A investigação aponta que cada tijolo da droga era comprado por R$ 28 mil - e revendido por pouco menos do que o dobro, R$ 50 mil. Ou seja, cada tijolo vendido rendia R$ 22 mil de lucro aos criminosos.

Esta foi a maior apreensão de drogas em Santa Cruz do Sul em 2019. Em abril, a 2ª Delegacia de Polícia havia apreendido 14 quilos de maconha, considerada, até então, a maior apreensão. Agora, entretanto, além da quantidade ser maior, a droga apreendida nesta quarta é mais cara. Conforme o delegado Chiara, a propriedade onde a cocaína foi encontrada era usada como local de armazenamento. 

Foto: Rafael CunhaDrogas foram apreendidas nesta quarta-feira
Foto: Bruno Pedry
Foto: Bruno Pedry
Foto: Bruno Pedry
Foto: Bruno Pedry