DESFECHO 05/07/2019 23h48 Atualizado às 09h10

Tentativa de homicídio em Santa Cruz teve motivação passional

Investigação de crime cometido no início de junho levou à prisão de seis pessoas na manhã de sexta-feira, em três bairros

No dia 1º de junho, um jovem de 28 anos foi vítima de uma tentativa de homicídio quando saía do trabalho, no Bairro Santo Antônio, na Zona Sul de Santa Cruz. Inicialmente, a Polícia Civil acreditava que o rapaz teria sido vítima de assaltantes, mas acabou descobrindo que a motivação do ataque foi passional. Na manhã dessa sexta-feira, 5, após pouco mais de um mês de investigação, quatro homens foram presos preventivamente pelo crime e outros dois acabaram detidos em flagrante.

Durante a apuração dos fatos, a polícia descobriu que um dos presos dessa sexta-feira, que tem 25 anos, seria ex-namorado de uma jovem que estava se relacionando com a vítima. O suspeito tem antecedentes por ameaça e perturbação. “O rapaz baleado e a moça, que agora já não tem mais nenhum envolvimento com ele, teriam falado mal desse outro jovem, e essas duas situações levaram o acusado a planejar a morte do então ficante da ex”, detalhou o delegado Alessander Zucuni Garcia, que comanda a 2ª Delegacia de Polícia.

Os outros três suspeitos teriam ajudado no planejamento e execução do crime. Um deles, de 23 anos, tem antecedentes por roubo a estabelecimento comerciante. O outro, de 24, é investigado por homicídio e lesão corporal. Já o terceiro, que tem 26 anos, responde por uma ocorrência de vias de fato. “Eles fizeram parte do crime na parceria. Não conseguimos descobrir qual foi a dinâmica exata do fato, quem fez o que, mas sabemos que foram usados dois carros. Um deles aparece em imagens de câmeras de segurança e o outro não foi identificado”, explicou.

Além de tentar matar o jovem, os homens estariam planejando agora uma represália ao irmão da vítima, o que motivou a polícia a pedir a prisão preventiva do quarteto. Durante o cumprimento dos mandados na sexta-feira, nos bairros Várzea,  Santa Vitória e Avenida, a polícia encontrou um revólver calibre 38, pinos e porções de cocaína e material para embalar os entorpecentes. Um jovem de 21 anos foi identificado como o dono dos tóxicos e acabou sendo preso por tráfico. Um outro homem, de 33 anos, estava com o revólver que teria sido usado no crime e foi detido por posse ilegal de arma de fogo. Também foram apreendidos R$ 130,00, dois celulares, um cartão de memória, uma balança e munições. A polícia manteve os nomes dos presos em sigilo.

O crime
O jovem foi baleado no dia 1º de junho, quando saía do trabalho na Rua Benno Diefenbach, no Bairro Santo Antônio. Ele estava de moto e foi rendido por quatro homens armados em um Vectra, por volta das 5h10. A vítima reagiu e foi atingida por três disparos. Com as lesões, acabou batendo a moto contra um carro estacionado. O jovem foi enviado para o Hospital Santa Cruz pelo Samu e permaneceu internado em estado grave por alguns dias.  Ele é natural de Montenegro e morador de Santa Cruz.

Caso de quinta sob investigação

Uma outra tentativa de homicídio, ocorrida na noite dessa quinta-feira, no Bairro Bom Jesus, também será investigada pela 2ª Delegacia de Polícia. Um jovem de 24 anos foi baleado por volta das 20h45, na esquina das ruas São José e Gaspar Bartholomay. Ele estava dentro de um Gol quando os atiradores chegaram em uma motocicleta. No local foram encontrados estojos e fragmentos de munição calibre 380. 

Próximo ao ponto onde o crime aconteceu, há uma distribuidora que seria de Cássio Alves, gerente do tráfico em Santa Cruz preso em janeiro deste ano. “Ainda não temos nada concreto, mas iremos investigar se o local foi apenas uma casualidade ou se o fato realmente tem relação com a traficância”, afirmou o delegado Alessander Zucuni Garcia.