Santa Cruz 11/09/2019 06h24 Atualizado às 15h34

Operação da Polícia Civil investiga homicídios e detém cinco pessoas

Ação da 2ª Delegacia tem o apoio de outras cinco DPs

Uma operação desencadeada pela 2ª Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Sul na manhã desta quarta-feira, 11, resultou em cinco pessoas detidas. A ação contou com o apoio da 1ª Delegacia, Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e da Polícia Civil de Vera Cruz.

Conforme o delegado Alessander Garcia, titular da 2ª DP, a investigação é sobre duas tentativas de homicídio. “A gente conseguiu elementos para identificar a autoria de dois homicídios tentados que ocorreram no Bairro Santa Vitória nos últimos dias”, comentou o delegado. A operação foi batizada de Parvum Marlun, do latim "Pequeno Malvado". 

Nesta manhã, foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão, dois mandados de prisão preventiva e um mandado de internação provisória. Dois homens foram presos preventivamente e dois adolescentes foram apreendidos, um deles já na parte da tarde. Durante o cumprimento dos mandados, outros dois homens ainda foram presos em flagrante por tráfico de drogas e porte de arma de fogo.

Além deles, ainda foi notificado o apenado da Penitenciária Estadual do Jacuí (PEJ), Marcelo do Carmo, conhecido como Marcelinho. Ele seria responsável por ordenar as mortes dentro da facção Os Manos. Ele é suspeito de envolvimento em diversas mortes na região e foi condenado, em 2018, a 20 anos de prisão por homicídio

Ele também é apontado como responsável pela morte dos irmãos Kevi e Denian de Oliveira, em um intervalo de sete meses. Marcelinho seria o mandante dos crimes, tendo contratado os matadores, que foram indiciados pela Polícia Civil nesta semana.

LEIA MAIS