Luto 12/02/2020 19h02 Atualizado às 10h01

Família confirma morte de Paulinho Schneider, da Super Banda Santa Cruz

Músico, de 52 anos, sofreu uma descarga elétrica e estava internado na UTI em Venâncio Aires

Familiares, amigos e fãs do músico Paulinho Schneider, de 52 anos, enfrentam uma triste notícia nesta quarta-feira, 12. A morte do músico, que estava internado na UTI do Hospital São Sebastião Mártir desde o dia 5, foi confirmada às 16h30 desta tarde.

Pela manhã já havia sido confirmada à família a morte cerebral, depois de serem realizados os exames protocolares para que seja atestada. Ainda foi realizado o protocolo de exames para atestar a falência dos órgãos.

O corpo vai passar por necropsia no Departamento Médico Legal de Cachoeira do Sul e a expectativa, conforme a esposa de Paulinho, Silvia Schneider, é que o velório inicie só na tarde desta quinta-feira, 13. O sepultamento vai acontecer no Cemitério Ecumênico da Paz Eterna, em Santa Cruz, em horário ainda indefinido. Os serviços fúnebres estão a cargo da Funerária Halmenschlager.

O músico, proprietário da Super Banda Santa Cruz, ficou internado na UTI do Hospital São Sebastião Mártir, em Venâncio Aires, após sofrer uma descarga elétrica. O incidente ocorreu na última quarta-feira, 5, na chácara da família em Linha Cereja, interior de Arroio do Tigre. Ele e um irmão organizavam fios da usina da propriedade para evitar acidentes por causa do vento.

Segundo a esposa do músico, Paulinho chegou a dizer ao irmão que havia levado um choque, antes de cair desacordado. Os primeiros socorros e massagem cardíaca foram realizados pelo irmão e cunhada de Paulinho. Silvia explicou que ele sofreu uma parada cardíaca e a falta de oxigenação agravou o quadro.

LEIA MAIS: Músico sofre descarga elétrica e é internado em estado grave