Tristeza 13/02/2020 07h16 Atualizado às 07h30

Músico Paulinho Schneider será sepultado nesta quinta

Ele estava internado na UTI do Hospital São Sebastião Mártir, em Venâncio Aires, após sofrer uma descarga elétrica no último dia 5

O velório do músico e proprietário da Super Banda Santa Cruz, Paulinho Schneider, de 52 anos, deve iniciar a partir das 13h30 desta quinta-feira, 13, na Capela Halmenschlager, junto ao Cemitério Ecumênico da Paz Eterna, em Santa Cruz do Sul. Após, às 19 horas, o corpo será levado para o Memorial Crematório São José de Caxias do Sul. Paulinho teve a morte confirmada na tarde dessa quarta-feira, 12.

Ele estava internado na UTI do Hospital São Sebastião Mártir, em Venâncio Aires, após sofrer uma descarga elétrica. O incidente ocorreu no último dia 5, na chácara da família em Linha Cereja, interior de Arroio do Tigre. Ele e um irmão organizavam fios da usina da propriedade para evitar acidentes por causa do vento.

LEIA MAIS: Músico sofre descarga elétrica e é internado em estado grave

O proprietário da Super Banda Santa Cruz chegou a dizer ao irmão que havia levado um choque, antes de cair desacordado. Os primeiros socorros e massagem cardíaca foram realizados pelo irmão e pela cunhada de Paulinho. Ele sofreu uma parada cardíaca e a falta de oxigenação teria agravado o quadro.

Ainda na manhã de quarta, a família havia sido alertada sobre a morte cerebral do músico. Um protocolo ainda precisou ser aberto com exames para atestar a falência dos órgãos. A confirmação da morte ocorreu às 16h30.

Paulinho deixa enlutados a esposa Silvia Jeovani Schneider, filhos Michael Schneider e Maichiele Schneider, nora Jaqueline, genro Marcelo, netos Gabriel e Ana Luiza, sogros Etuino Fiuza e Luiza Fiuza.

LEIA MAIS: Família confirma morte de Paulinho Schneider, da Super Banda Santa Cruz


MAIS LIDAS