Encruzilhada do Sul 28/02/2020 18h36

Dívidas com o tráfico podem ter motivado duplo homicídio

Os corpos de Paulo Ricardo Cardoso Carvalho e Maria Eduarda Aires Dias foram encontrados em um matagal, na manhã desse domingo, 23

A Polícia Civil investiga a autoria e motivação dos homicídios de Paulo Ricardo Cardoso Carvalho e Maria Eduarda Aires Dias. Maria Eduarda foi a primeira transexual de Encruzilhada do Sul a fazer a alteração do nome social. Os corpos foram encontrados na manhã desse domingo, 23, em um matagal, no Passo das Canas, interior do município. O casal havia sido visto pela última vez na quarta-feira, 19.

De acordo com a polícia, testemunhas já estão sendo ouvidas. No momento, existem diferentes linhas de investigação. De acordo com uma delas, o casal seria usuário de drogas e teria dívidas com traficantes da região. Em razão do avançado estado de decomposição dos corpos, não foi possível apontar as causas da morte.

A Polícia Civil pede que quem tiver informações sobre o crime entre em contato e faça uma denúncia anônima pelos telefones 190 ou (51) 3733-1042. A identidade do autor da denúncia vai ser mantida sob sigilo.

LEIA TAMBÉM: Polícia Civil apreende munições no bairro Santa Vitória