Arrombamentos 26/03/2020 20h46

Ação de bandidos preocupa donos de lojas de carros de Santa Cruz

Nos últimos dias, pelo menos dois estabelecimentos do ramo foram invadidos no município

Após ser vítima da ação de criminosos na madrugada dessa quarta-feira, 25, um empresário de Santa Cruz do Sul está apreensivo e com medo de novos ataques. A revenda de automóveis dele, na Rua 28 de Setembro, na zona central, foi invadida por ladrões.

Segundo o proprietário da loja, que pediu para ter o nome mantido em sigilo, um ladrão desencaixou os vidros da porta lateral da revenda e foi até um escritório, nos fundos do estabelecimento. O suspeito revirou gavetas e fugiu levando um notebook.

O empresário relatou que o alarme de segurança chegou a ser acionado. Conforme ele, o local também possui vigilância por videomonitoramento. Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia Online – dado que, com o coronavírus, a delegacia física só atende casos mais graves.

LEIA TAMBÉM: Incêndio consome prédio antigo e residência em Novo Cabrais

Medo de novos casos
O empresário, ainda nervoso por conta do arrombamento, disse que está muito preocupado com a segurança dos estabelecimentos comerciais na cidade. Ele relatou que sua revenda já foi alvo de bandidos há cerca de quatro anos, quando foram levados rádios de veículos e placas automotivas. Na época a polícia localizou e prendeu os bandidos que revendiam os materiais.

O empresário justifica o medo ao relatar que outra loja de automóveis de Santa Cruz do Sul teve a vitrine quebrada e uma televisão levada há poucos dias. Ele ainda comentou que este tipo de ação já havia ocorrido antes nesta mesma empresa, quando também foi levado um televisor.

Reis: “A Brigada Militar está a todo vapor nas ruas”
Atenta a todas as movimentações relacionadas à crise gerada pelo coronavírus, a Brigada Militar mantém seu efetivo completo nas ruas. O comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Rio Pardo (CRPO/VRP), coronel Valmir José dos Reis, ressaltou que, neste momento de crise, a BM é responsável pela manutenção da ordem pública. “Estamos com o pessoal que trabalha na operação absolutamente orientado, dentro das medidas que precisam ser adotadas neste momento. A Brigada está em contato, inclusive, para socorrer pessoas acometidas por problemas de saúde”, disse.

“Estamos com esforços redobrados. Não há nenhuma redução do efetivo que atua na prevenção e repreensão imediata ao crime no Vale do Rio Pardo”, garantiu Reis. O comandante do CRPO também relatou que há um comitê regional de segurança, alinhado a um comitê estadual.

Coronel Reis: “Com esforços redobrados”

Um exemplo da forte atuação da Brigada, citado por Reis, foi a rápida reposta após o assalto a um posto de combustível em Arroio do Tigre no fim de semana passado. Na ocasião, um assaltante morreu, segundo a BM, na troca de tiros com os policiais.

LEIA TAMBÉM: Assaltante morre e outro é baleado após assalto em Arroio do Tigre

Reis revelou também que os índices de criminalidade na região caíram após as recomendações do Ministério da Saúde para que as pessoas fiquem em casa. “Não vamos ter a boba pretensão de querer zerar a criminalidade, mesmo em uma situação difícil como esta. Mas quero tranquilizar a comunidade, a Brigada Militar está com toda a força, sendo a linha de frente da comunidade de bem”, disse, citando ainda um fato histórico: “No tempo da gripe espanhola, quem estava na rua também era a Brigada. Estamos a todo vapor, muito alinhados gestando a paz social e a garantia da sociedade.”