INVESTIGAÇÃO 27/04/2020 18h17 Atualizado às 19h17

Vingança pode ter motivado morte de homem em Rio Pardo

Segundo a Policia Civil, a vítima teria separado uma briga dias antes, o que motivou ameaças

Lindomar Thomaz, 41 anos, foi morto a tiros na noite de sábado, 25, em Rio Pardo. Conforme a Brigada Militar, que atendeu a ocorrência, a vítima foi atingida por disparos de arma de fogo na região do tórax. O caso aconteceu em via pública, na Rua Olavo Bilac, no Bairro Vila Pinheiros, por volta das 23 horas.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado. A vítima chegou a ser levada ao Hospital Regional do Vale do Rio Pardo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

LEIA MAIS: Homem é assassinado a tiros em Rio Pardo

De acordo com o delegado titular da Delegacia de Polícia de Rio Pardo, Anderson Faturi, Lindomar Thomaz não tinha antecedentes criminais. “Conforme relatos dos familiares, há alguns dias, cerca de uma semana, ele teria intervindo em uma briga. Um vizinho estaria sendo agredido por três homens desconhecidos e ele interveio em defesa do vizinho, e estes homens teriam passado a ameaçá-lo de morte. Uma espécie de vingança”, comentou.

“Ontem ele teria saído para ir a uma venda, próximo a sua residência, e, em via pública, foi abordado e dispararam três tiros contra ele. Ainda não sabemos se estavam a pé ou de carro. A família acredita que estes homens, que o ameaçaram, são os autores do crime”, ressaltou.

Conforme Faturi, a Polícia Civil segue apurando todas as possibilidades. “Ainda não temos nada que aponte e comprometa o vizinho com a morte ou algum antecedente criminal. As investigações levam para esse trio, que o ameaçaram. Ainda não foram identificados, estamos trabalhando para isto”.

LEIA MAIS: Região tem cinco mortes trágicas em menos de 24 horas