GOLPE DO RECIBO FRIO 30/07/2020 21h00 Atualizado às 21h23

Polícia Civil apreende geradores e gado em propriedade de Vale do Sol

Operação visa desarticular organização criminosa que aplica estelionatos na região e seria comandada por um preso

Em novo desdobramento da operação que visa desarticular a organização criminosa que aplicou recentemente uma série de estelionatos na região, a 2ª Delegacia de Polícia Civil de Santa Cruz do Sul cumpriu na tarde desta quinta-feira, 30, um mandado de busca e apreensão em uma propriedade rural da localidade de Faxinal de Dentro, em Vale do Sol.

No local, foram encontradas nove cabeças de gado e dois geradores de energia a combustão. A ação teve apoio da Polícia Civil de Vale do Sol. Conforme o delegado da 2º DP, Alessander Zucuni Garcia, seis animais já foram identificados como sendo de vítimas do golpe do recibo frio (também conhecido como golpe do falso depósito), bem como um dos equipamentos.

LEIA MAIS: Golpe do recibo frio faz vítimas entre agricultores

“Esse é uma sequência da nossa investigação sobre esse golpe que vem fazendo uma sequência de vítimas na nossa região. Ao longo da última semana, também identificamos uma série de videogames que foram repassados no golpe”, disse o delegado.

O receptador, de 32 anos, não estava em casa na hora da operação, realizada no início da tarde. “Segundo um familiar, ele teria ido trabalhar em outra localidade”, comentou Garcia. Ele não teve a identidade divulgada e é uma das cerca de dez pessoas comandadas, de dentro da Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva), por um detento de 29 anos.

A apreensão contou ainda com o apoio da Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Santa Cruz do Sul e da Delegacia de Polícia de Sinimbu. “Seguiremos no trabalho de restituir as vítimas do golpe e buscando identificar de quem são os outros itens apreendidos”, ressaltou Alessander Zucuni Garcia.

LEIA MAIS: Quadrilha que aplicava golpes do falso depósito seria comandada por preso