REINCIDENTE 14/09/2020 19h19

Venâncio-airense é preso com cigarros contrabandeados em São Leopoldo

Homem, de 31 anos, dirigia caminhão com mais de 50 mil maços de produto trazido do Paraguai

Um homem natural de Venâncio Aires foi preso por contrabando, na manhã desta segunda-feira, 14, em São Leopoldo, no Vale do Sinos. Ele conduzia um caminhão-baú, emplacado em Gramado, que foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

No veículo, os agentes encontraram 55.500 maços de cigarro de origem paraguaia. O material era transportado ilegalmente. O motorista afirmou aos policiais que já havia entregue metade da carga.


O homem, de 31 anos e já com antecedentes por descaminho, foi preso em flagrante por contrabando. A carga, avaliada em R$ 300 mil, e o caminhão foram apreendidos. A PRF relata que, somadas as apreensões de cigarros ilegais feitas no Rio Grande do Sul em 2020, estima-se que o prejuízo aos contrabandistas tenha sido de R$ 35 milhões.

LEIA TAMBÉM: Não há como conter o contrabando sem revisão tributária, diz presidente do Idesf