Rio Pardo 19/11/2020 22h00

Patram apreende 28 redes de pesca em nova operação durante a piracema

Esta foi a terceira ação realizada contra a pesca ilegal no período de reprodução dos peixes

Desde o último dia 1º, a Patrulha Ambiental da Brigada Militar (Patram) de Rio Pardo realiza uma operação para evitar a pesca predatória, que possa prejudicar a piracema, período de reprodução dos peixes. Até janeiro, a corporação fiscaliza diferentes pontos do Rio Jacuí. Durante esta quinta-feira, os policiais realizaram uma nova abordagem na Barragem do Anel de Dom Marco.

Perto da crista de água da jusante, foram encontradas 28 redes de pesca de malhas diversas, totalizando aproximadamente 1.500 metros. “Os peixes que conseguimos retirar das redes foram devolvidos ao ambiente. Os demais foram descartados. Quanto às redes, não foram encontrados seus proprietários, por isso foram apreendidas e entregues à Polícia Civil, junto ao boletim de ocorrência lavrado”, relatou o comandante da Patram de Rio Pardo, soldado Daniel Scremin.


Esta foi a terceira ação de combate à pesca ilegal nesta temporada. A Gazeta do Sul acompanhou a primeira realizada também junto à Barragem do Anel de Dom Marco, em 5 de novembro, quando 30 redes foram apreendidas, totalizando 1.500 metros. A segunda aconteceu no dia 10 de novembro, quando os policiais recolheram dez redes de pesca, que totalizaram 500 metros, junto à Barragem de Amarópolis, em General Câmara.

LEIA TAMBÉM: Pescadores ameaçam equipe de segurança para seguir colocando redes