Venâncio Aires 27/03/2021 10h32 Atualizado às 15h43

Homem morre em capotamento de veículo envolvido em crime na RSC-287

Acidente aconteceu nas proximidades da praça de pedágio; roubo aconteceu minutos antes

Um homem de 38 anos morreu após um capotamento na RSC-287, na manhã deste sábado, 27, em Venâncio Aires. Conforme o Comando Rodoviário da Brigada Militar de Santa Cruz, o acidente aconteceu nas proximidades da praça de pedágio de Venâncio e da Vila Arlindo, no quilômetro 85 da rodovia.

Segundo a BM, o acidente aconteceu na fuga de um assalto em uma residência em Linha Tangerinas. Dois dos homens que estavam no Ford Fiesta no momento do capotamento seriam os autores do crime e o envolvimento do terceiro ocupante do carro, que acabou morrendo, ainda é investigado pela polícia.

Os dois criminosos não foram encontrados quando as forças policiais chegaram ao local. Testemunhas informaram aos policiais ter visto a dupla fugir. Os dois, de 20 e 39 anos, ambos naturais de Venâncio Aires, foram capturados e presos pela BM pouco tempo depois, já na localidade de Linha Sapé, a bordo de um caminhão. A ação teve a participação da Brigada Militar de Venâncio Aires e de Santa Cruz do Sul, e da Polícia Rodoviária Estadual. Com a dupla, foram encontradas joias e celulares.

O homem que morreu no local estava no banco traseiro do carro. Ele não teve a identidade revelada pela polícia, mas a reportagem apurou que se trata de João Carlos Lopes, de 38 anos. No veículo havia itens de uso doméstico e eletrônicos, não especificados pela polícia, oriundos do crime cometido minutos antes do acidente, por volta das 7h50. O Corpo de Bombeiros do município auxiliou no atendimento à ocorrência.

O roubo

O crime cometido pelos homens antes do acidente aconteceu em Linha Tangerinas – e a Polícia Civil foi acionada para os dois casos por volta das 7h30. Conforme o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, uma mulher de 51 anos foi surpreendida, quando estava sozinha em casa, por três homens. Um deles seria conhecido por ela, mas a polícia não soube confirmar se este homem era João Carlos Lopes, que morreu, ou um dos outros dois, presos após a fuga.

A vítima relatou aos policiais que o homem que ela conhecia parecia ter sido rendido pelos outros dois. Enquanto a dupla roubava itens da casa, o conhecido teria ficado deitado no chão. Durante o assalto, a vítima sofreu diversas agressões, como socos e tapas no rosto e puxões de cabelo, segundo o delegado.

Os assaltantes teriam levado diversos itens da casa, como televisão, microondas, motosserra, aspirador de pó, um celular, anéis e cerca de R$ 400,00 em dinheiro. Logo após o assalto, os três homens saíram da casa no veículo que, minutos depois, capotou. Os dois homens presos serão levados à Delegacia de Polícia para registro do caso.

» Leia mais reportagens da área policial.