Governo Bolsonaro 22/11/2018 18h01 Atualizado às 19h45

Ana Amélia é cotada para Comunicação e Wenzel pode assumir vaga no Senado

Senadora gaúcha concorreu a vice na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB) e, nesta quinta, teve reunião com Jair Bolsonaro

A senadora gaúcha Ana Amélia Lemos (PP) entrou na lista dos cotados para assumir a chefia da área de comunicação do futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL). A imprensa de Brasília está noticiando que Ana Amélia esteve reunida na tarde desta quinta-feira, 22, com o presidente eleito para tratar do assunto. Ela ainda não comentou o assunto. Assessores da senadora dizem que até o momento o assunto "é especulação". O vice-presidente eleito, Hamilton Mourão, também teria participado do encontro, que teve duração de uma hora.

Caso Ana Amélia deixe o Senado na virada do ano para cuidar da comunicação do governo de Bolsonaro, Santa Cruz do Sul passaria a ter um senador pela primeira vez na história. É que o ex-prefeito José Alberto Wenzel (PSDB) é o primeiro suplente de Ana Amélia. O mandato dela termina no início de fevereiro e, nestes quase oito anos, Wenzel nunca chegou a assumir a vaga. Ela concorreria à reeleição neste ano, mas acabou como vice na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB) e não chegou nem no segundo turno da eleição presidencial.

LEIA MAIS

Desde a semana passada especula-se quem seria o ministro responsável pela comunicação do governo Bolsonaro. Ontem o próprio presidente eleito citou que poderia indicar o filho, Carlos Bolsonaro, que é vereador no Rio, para cuidar desta área. "Ele é fera nas redes sociais", justificou. No entanto, na manhã desta quinta o próprio vereador anunciou que fica na Câmara do Rio.

Outro cotado para a vaga de titular da Secom era o jornalista Alexandre Garcia, da Globo, que é natural de Cachoeira do Sul e tem parentes em Santa Cruz. Alexandre não comentou o assunto até o momento. Ele está na Argentina passando alguns dias de férias. Nesta quinta-feira, porém, o site gaúcho Coletiva.net publicou nota dizendo que, conforme uma pessoa próxima a Alexandre, ele recusou o convite, alegando que tem outros projetos profissionais. Ele é apresentador e comentarista da TV Globo, com base em Brasília.