Santa Cruz 15/08/2020 19h21 Atualizado às 20h54

Helena e Elstor confirmam dobradinha para as eleições

Aliança foi sacramentada às vésperas das convenções em uma reunião virtual neste sábado

Após semanas de conversas, PP e PL selaram no fim da tarde deste sábado, 15, aliança para disputar as eleições municipais em Santa Cruz. Com isso, conforme antecipado pela Gazeta do Sul na edição deste fim de semana, o presidente da Câmara de Vereadores, Elstor Desbessell (PL), será vice na chapa encabeçada por Helena Hermany (PP).

A dobradinha já estava acertada há alguns dias, mas foi sacramentada em uma reunião virtual da qual participaram Helena, Elstor e dirigentes locais e estaduais dos dois partidos, como os deputados federais Giovani Cherini (PL) e Pedro Westphalen (PP) e a ex-senadora Ana Amélia Lemos (PP). O anúncio ocorre a pouco mais de duas semanas do início do período de convenções partidária, que vai de 31 de agosto a 16 de setembro.

Antigo PR, o PL tornou-se uma força relevante na corrida pelo Palacinho após a filiação de Elstor em março. Ex-PTB, ele chegou a ser lançado pré-candidato a prefeito pelo PL. Após Elstor ser eleito para comandar o Legislativo com apoio das bancadas governistas, a legenda chegou a ingressar na base de Telmo Kirst (PSD) em janeiro, mas saiu passados apenas cinco meses, em meio a divergências entre Elstor e o prefeito. Desde então, a sigla vinha conversando tanto com o PP de Helena quanto com o grupo liderado por MDB e PDT e que pretende lançar o vereador Alex Knak a prefeito.

LEIA MAIS: Elstor pode ser vice de Helena na disputa pela Prefeitura

Embora pouco expressivo em nível local, o PL tem uma das maiores bancadas da Câmara dos Deputados e era cobiçado por garantir um tempo expressivo de TV e rádio. A expectativa é que a presença de Elstor na chapa, porém, garanta votos tanto junto à população do interior – Elstor é natural do interior do interior de Monte Alverne e transita em diversas regiões – quanto junto ao funcionalismo – além de ser servidor de carreira da Prefeitura, ele foi um dos expoentes da campanha contra a aprovação da polêmica Lei dos Vales, em 2018.

Em mensagem publicada em uma rede social, Helena referiu-se a Elstor como “um homem sério, que representa muito bem o nosso interior e retoma o diálogo que está faltando com o funcionalismo”. Disse ainda que ele preside a Câmara “num momento histórico, com transparência, brilhantismo e coragem”, em referência à sucessão de denúncias que já levaram à cassação de três vereadores esse ano. “Com o meu olhar social e com o conhecimento do Elstor, Santa Cruz pode ter certeza que estará em boas mãos”, escreveu.

Embora ainda precise ser chancelado em convenção, o nome da vice-prefeita está definido para concorrer à Prefeitura. Essa semana, o ex-secretário Henrique Hermany retirou a pré-candidatura em apoio à mãe, que conta com amplo apoio interno.