Eleições 2020 07/09/2020 11h22 Atualizado às 11h28

Executiva Nacional do PTB proíbe alianças com 11 partidos

Em Santa Cruz do Sul, o partido negocia a possibilidade dos tucanos indicarem o vice de Mathias Bertram

Atualização: ao contrário da informação divulgada anteriormente, a decisão do PTB nacional não afeta as negociações com o PSDB em Santa Cruz. A notícia foi corrigida às 12h06.

Diretórios municipais do PTB estão impedidos de formar coligação para as eleições de novembro com nove legendas que compõem a esquerda brasileira e o grupo chamado Foro de São Paulo. De acordo com resolução divulgada na sexta-feira, 4, pela Executiva Nacional do partido, “um filiado ao PTB que almeje candidatar-se a prefeito, vice-prefeito ou vereador nas eleições deste ano não pode pertencer a determinada chapa que conte com pelo menos uma das seguintes siglas: PT, PSol, PDT, PcdoB, Rede, PSB, PCB, PSTU, PCO, além de PSDB e DEM”.

A medida vale para municípios com mais de 200 mil eleitores. Com isso, as conversas entre o PTB e o PSDB em Santa Cruz continuam. Os trabalhistas pretendem confirmar o nome do vereador Mathias Betram como candidato para disputar a Prefeitura. A convenção está marcada para o dia 16. Já os tucanos podem indicar o vice. Entre as possibilidades estão o presidente do PSDB em Santa Cruz, César Cechinato, e o vereador Francisco Carlos Smidt.

Durante entrevista para a Rádio Gazeta, o deputado federal pelo PTB, Marcelo Moraes, explicou a decisão da executiva nacional do partido e avaliou como estão as negociações com o PSDB em Santa Cruz. Ouça abaixo.

LEIA TAMBÉM: Presidente do PTB é reeleito em Santa Cruz e projeta eleições: “temos nomes fortes”

Diretórios municipais do PTB estão impedidos de formar coligação para as eleições de novembro com nove legendas que…

Posted by PTB Nacional on Sunday, September 6, 2020