Eleições 2020 16/11/2020 09h04 Atualizado às 10h12

Frederico destaca a reconstrução da esquerda

Frederico Barros Ele explicou que o desgaste da imagem do PT em nível nacional ajudou a descredenciar o partido junto à população. 'Estamos recomeçando do zero'

Antes mesmo do resultado final e da totalização dos votos em Santa Cruz do Sul, os candidatos Frederico de Barros (PT) e Manu Mantovani (PCdoB) reconheceram a derrota nas urnas, no comitê da campanha, no Bairro Arroio Grande. Em entrevista à Rádio Gazeta FM 107,9, Barros avaliou como positiva a campanha da dupla neste pleito. “Acima de tudo, nós levamos um projeto de cidade mais inclusivo, democrático, pensando no todo de Santa Cruz. Avalio como muito positiva a nossa participação nas eleições deste ano”, disse.

Ele explicou que o desgaste da imagem do PT em nível nacional, com a deposição da ex-presidente Dilma Rousseff e a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ajudou a descredenciar o PT junto à população. “Em Santa Cruz, também tivemos a prisão de um vereador e a expulsão de outro. Estamos recomeçando do zero, mostrando que aquele partido que foi criado na luta do povo pode estar de volta”, avaliou o candidato.

Aos 27 anos de idade, Frederico de Barros prometeu continuar na militância política em Santa Cruz do Sul. A intenção é levar o projeto dos partidos PT e PCdoB adiante. “Nossa campanha foi uma campanha limpa e propositiva. Conseguimos debater e levantar os problemas da população”, enfatizou a candidata a vice-prefeita, Manu Mantovani. Ela também confirmou a intenção de prosseguir na militância, com foco na reconstrução das siglas PT e PCdoB em Santa Cruz do Sul.

LEIA TAMBÉM: ÁUDIOS: candidatos à Prefeitura de Santa Cruz fazem balanço da campanha