Vera Cruz 16/11/2020 12h51 Atualizado às 15h43

Gilson Becker quer fazer um trabalho técnico e enxugar a máquina pública

Político, que também contou com o aval do atual prefeito Guido Hoff (PSB), se elegeu com 6.978 votos, representando 45,20% dos 15.438 votos válidos depositados nas urnas

A vitória do candidato Gilson Becker e do vice Claudério Ferreira, da coligação PSB/PDT/ PSL, com o slogan Renovação com seriedade, começou a ser comemorada em Vera Cruz antes mesmo da divulgação do resultado oficial nesse domingo, 15. Por volta das 18 horas, a Praça José Bonifácio, localizada no Centro da cidade, já estava tomada pelo público formado por apoiadores e eleitores.

O que era expectativa se tornou realidade: Becker, que também contou com o aval do atual prefeito Guido Hoff (PSB), se elegeu com 6.978 votos, representando 45,20% dos 15.438 votos válidos depositados nas urnas. “O que mais eu poderia esperar do meu povo ao encerrar o meu quarto mandato de prefeito?”, bradou Hoff. A chapa composta por Eduardo Viana e Loreno Nyland, ambos do PTB, recebeu 4.311 votos. A ex-prefeita Rosane Petry, do PP, que tentava o terceiro mandado, obteve 3.948 votos. Os demais 201 votos foram confiados ao candidato do PL, Jerônimo da Silva.

“O sentimento é de muita gratidão a toda comunidade vera-cruzense, a todos que acreditaram na nossa proposta”, agradeceu Becker. Além de funcionário público no setor de saneamento básico, ele exercia o cargo de secretário de Obras, Saneamento e Trânsito. Segundo ele, todos os partidos serão conclamados para trabalharem integrados pelo melhor da população. “Fizemos uma campanha de muito respeito aos adversários, priorizando a apresentação de propostas sem ataques aos demais concorrentes.”

LEIA TAMBÉM: AO VIVO: as eleições na região e a repercussão dos resultados

Becker resolveu concorrer ao cargo para dar seguimento ao trabalho que já desempenhou como secretário municipal e como funcionário público. Na campanha, propôs realizar um trabalho técnico e de enxugamento da máquina pública. No decorrer da gestão, pretende levar em consideração as sugestões que recebeu de várias entidades do município.

“Estávamos confiantes na vitória desde o começo da campanha porque ele é uma pessoa muito benquista, tanto na cidade como no interior”, disse a esposa Mirna Becker, de 42 anos. Os dois são pais da Eduarda Becker, de 12 anos. Com a impossibilidade dos comícios, uma das opções deles foi visitar os eleitores. “O trabalho que ele fez como secretário foi muito reconhecido pelas comunidades. E isso fez a vitória acontecer.”

Os números em Vera Cruz

O atual prefeito Guido Hoff encerra o quarto mandato e a vida pública de 58 anos com a vitória dos candidatos que apoiou Fotos: Sandro Luis Lopes dos Santos/Especial

LEIA TAMBÉM: Gazeta do Sul terá edição especial para leitores de Vera Cruz