Cozinha 19/06/2018 11h42 Atualizado às 16h09

Mitos e verdades sobre o pinhão: saiba como ele pode ajudar na sua saúde

A semente da araucária, típica do inverno gaúcho, pode trazer benefícios se consumida com moderação

Foto: Bruno Pedry/Banco de Imagens

A semente da araucária pode até auxiliar nas dietas
A semente da araucária pode até auxiliar nas dietas

Um dos grandes destaques das festas de São João, tão esperadas durante todo o ano, o pinhão é considerado por muitos o vilão da época. Mas, você sabia que apesar de ser calórico, ele pode até mesmo ajudar no emagrecimento e na memória?

Conforme a nutricionista Fernanda Pfeifer, se utilizado com moderação e dentro de uma alimentação bem equilibrada e saudável, a semente da araucária pode sim auxiliar nas dietas. “Além de todos os nutrientes que contém, ele também ajuda a aumentar a sensação de saciedade”, comentou Fernanda.

E, realmente, os nutrientes são muitos! A semente possui proteínas, carboidratos complexos e minerais essenciais, principalmente cálcio, fósforo, potássio, magnésio, zinco e ferro, de acordo com a nutricionista. “Também é rico em vitamina E, um antioxidante capaz de melhorar o sistema imunológico, aumentando as defesas do corpo. Esta também é uma vitamina que protege o coração.”

O pinhão também nutre o sistema nervoso central, já que possui vitaminas do complexo B - que melhoram a função cerebral, auxiliando no raciocínio e na memória. Ele também atua no corpo, sendo um aliado para a saúde. “O ácido gamalinolênico, presente no pinhão, é um ácido graxo rico em ômega-3, que ajuda a lubrificar os músculos e tem ação anti-inflamatória, que também é vital para outras funções corporais e cerebrais”, pontuou Fernanda.


Pinhão é composto por vários nutrientes
Foto: Lula Helfer/Banco de Imagens

LEIA MAIS 

 

Formas alternativas de preparo

Se você não gosta muito da forma tradicional (somente cozido ou assado e descascado), o pinhão pode ser ingerido em forma de farinha ou pasta. E o preparo é bem simples!

- Para farinha, só é preciso triturar os pinhões cozidos e descascados - mas é importante deixá-los na geladeira de um dia para o outro, assim a farinha ficará mais sequinha.

- Para fazer pasta, uma opção é triturar pinhões cozidos e descascados em um processador. Depois, é só adicionar caldo de legumes e está pronto para ser usado em receitas.

A dica da nutricionista é utilizar a farinha ou pasta logo após o preparo. Caso não seja possível, é importante armazenar os preparos em local escuro, longe da luz e do calor e sem umidade. Assim, os nutrientes do pinhão não serão perdidos.

Também é uma dica comer uma porção pequena no lanche, “já que ele é um alimento calórico e as refeições principais geralmente já são bem completas em nutrientes e ricas em calorias”. A quantidade ideal varia de acordo com as necessidades nutricionais de cada pessoa, mas Fernanda ressalta que é necessária moderação no consumo.


Pinhão pode ser consumido como lanche
Foto: Banco de Imagens Gazeta do Sul

MITO

É claro que a querida semente está envolta em várias histórias do tempo das nossas avós. Uma das ideias é de que o pinhão poderia atrapalhar o funcionamento do intestino.

Conforme a nutricionista, a história é bem ao contrário. Por ser rica em fibras, a semente pode favorecer a saúde intestinal. “Porém é necessário que haja um consumo adequado de água para que o intestino não fique constipado”, alerta Fernanda.

VERDADE

Para quem ama a prática de exercícios, o pinhão pode ser um grande alinhado. A semente pode ser uma boa opção para um lanche pré-treino. “Devido à riqueza de nutrientes e aos carboidratos complexos que possui, dará muita energia para um bom treino.”

 

Receita: Salada com pinhão

Ingredientes:

1 quilo de pinhão cozido e descascado;

2 unidades de cebola média, cortadas em cubos;

200 gramas de queijo minas em cubos;

1 maço de cebolinha picada;

Sal a gosto;

Pimenta-do-reino a gosto;

Manteiga para refogar;

Alface a gosto;

 

Preparo:

Colocar em uma panela um pouquinho de manteiga, acrescentar a cebola e o pinhão, mexer até que o pinhão absorva o sabor. Antes de servir acrescentar a cebolinha picada. Preparar o prato com a alface, o queijo minas e acrescentar o pinhão e a cebolinha.

 

VEJA OUTRAS RECEITAS

 
Pinhão é a semente da araucária
Foto: Lula Helfer/Banco de Imagens