Clima 01/08/2018 00h00 Atualizado às 06h26

Meteorologia prevê menos chuvas durante agosto na região

Temperatura mínima média para agosto, em Santa Cruz, deve ser de 8 a 10 graus

Parece que as preces a São Pedro surtiram efeito. Após um mês de julho chuvoso, agosto surge com a promessa de menos precipitações ao longo dos próximos 31 dias. Com isso, o período também deve ser de menos umidade em comparação com o mês passado, o que deve fazer a alegria de muita gente pelas próximas semanas.

Enquanto isso, aqueles que torcem pela despedida do frio terão de tomar mais algumas doses de coragem para enfrentar os dias restantes do inverno. Embora não haja previsão de anormalidades, as temperaturas devem ficar próximas da média histórica. “As pessoas precisam entender que ainda estamos no inverno e, por isso, ainda deve fazer frio”, observa Luiz Fernando Nachtigall, da MetSul Meteorologia.

Enquanto julho se despede com temperatura abaixo da média histórica no Sul e no Oeste do Rio Grande do Sul, a temperatura mínima média para agosto, em Santa Cruz, deve ser de 8 a 10 graus, enquanto a máxima ficará em 19 a 21 graus, conforme registrado anualmente.

Quanto às chuvas, a média mensal é de 130 a 140 milímetros, o que não deve ser registrado neste ano. Conforme Nachtigall, agosto deverá ser um mês seco, especialmente na primeira quinzena. Mesmo com a previsão de volume baixo de precipitações, não é descartada a ocorrência de temporais e granizo, típicos na região do Vale do Rio Pardo, assim como em todo o Rio Grande do Sul, nesta época.

De acordo com a MetSul, isso ocorre porque na transição do inverno para a primavera há avanço de ar quente com mais frequência dos trópicos ao território gaúcho e frentes frias de maior atividade devido aos centros de baixa pressão.