Fim de semana de Oktober 18/10/2018 13h14 Atualizado às 14h54

Preço de Nova York para se hospedar em Santa Cruz

Conseguir quarto de última hora no Centro sai pelo mesmo preço que na ilha de Manhattan, pertinho do Empire State

Turistas que buscam hospedagem de última hora para curtir o fim de semana de encerramento da 34ª Oktoberfest se dizem assustados com o valor da diária cobrado por hotéis de Santa Cruz do Sul. Um quarto confortável para duas pessoas, com entrada sábado meio-dia e saída domingo meio-dia, sai por R$ 420,00 para quem estava na lista de espera e conseguiu uma brecha graças à desistência de quem havia reservado antes. Em um fim de semana sem grandes eventos na cidade a mesma diária sairia por menos de R$ 250,00.

O preço desmotivou o empresário Alexandre Aguiar, que mora em Porto Alegre, de trazer a família a Santa Cruz. O alto valor impossibilitou que pudessem acompanhar o desfile temático deste domingo, 21, e para participar da Festa da Alegria vai ter que esperar a próxima edição. “Compreende-se que oferta e procura gere o preço, mas é uma exorbitância. Tu podes ficar em um hotel do mesmo nível em Lisboa, em Portugal, centro de turismo da Europa, por menos”, comentou.

O empresário, no mês passado, se hospedou em um hotel de luxo de Pequim, na China, por um valor mais baixo que o cobrado em Santa Cruz. “Afasta o turista e a cidade perde. Foi uma decepção.” No ano que vem, Aguiar pretende tentar reservar um quarto com antecedência para evitar o preço alto.

Para fins de comparação, é mais caro se hospedar no Centro de Santa Cruz neste fim de semana do que no Sheraton Porto Alegre. O Sheraton é um dos três melhores hotéis da Capital, o preferido de estrelas internacionais que passam pela cidade. Em um site de reservas, um quarto para duas pessoas sai por R$ 299,00 neste fim de semana.

Com os R$ 420,00 cobrados de última hora para se hospedar em Santa Cruz neste fim de semana quase daria para passar uma noite no Pennsylvania, em Nova York. O tradicional hotel da ilha de Manhattan fica em uma transversal da 7ª Avenida, a menos de duas quadras do Empire State Building, um dos pontos mais visitados por turistas do mundo todo, e a dez quarteirões fica a famosa Times Square. Uma diária no fim de semana no Pennsylvania sai pelo equivalente a R$ 437,00 em um site de reservas.

LEIA MAIS: Assista na íntegra ao primeiro desfile temático da Oktoberfest

O aumento do preço, conforme a turismóloga Luciana Antonia Tremea, é ocasionado pela conhecida lei da oferta e procura. “Como tem muita procura, o turista muitas vezes se sujeita a qualquer preço. Eu particularmente não concordo com a prática de aumentar o preço, mas varia muito do olhar de cada empresa. É uma prática legal”, explicou.

A turismóloga citou alguns eventos que movimentam a rede hoteleira da região, como Expoagro Afubra, Enart, Oktoberfest, Stock Car e até algumas formaturas. “Geralmente, nesses períodos, há grandes listas de espera e não só em Santa Cruz, mas nas cidades vizinhas também”, comentou. A prática é característica da sazonalidade turística, de altas e baixas temporadas. “Turismo é isso, esse envolvimento, alegria, amor pela cultura das cidades, e muitas pessoas não se importam com o valor.”

Apesar do alto preço em Santa Cruz, ainda vale mais a pena curtir a Oktoberfest no município do que em Blumenau, Santa Catarina. No mesmo período, entre sábado e domingo, a diária em um dos hotéis mais baratos - próximo ao Centro - sai por R$ 618,00 na cidade catarinense. O mesmo vale para uma passadinha na Oktoberfest de Munique, na Alemanha: lá, uma das diárias mais próximas ao Centro da cidade sai por R$ 603,00 - o preço mais em conta.

LEIA MAIS: Oktoberfest também movimenta negócios em Santa Cruz do Sul