Vale do Rio Pardo 06/12/2018 17h38 Atualizado às 17h49

Comitês Setoriais apresentarão relatório de atividades em assembleia do Corede

O evento ocorre na próxima quinta-feira, 13, na sala 101 da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc)

O Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo- Corede/VRP, promoverá a Assembleia Geral Regional de fim de ano na próxima quinta-feira, 13, na sala 101 da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) campus Santa Cruz do Sul, com recepção e café da manhã às 8h30, seguido da apresentação do relatório de atividades dos Comitês Setoriais do Plano Estratégico de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo.

Estes comitês fazem parte da estrutura de gestão e governança do Plano Estratégico e são responsáveis pela realização e atualização dos projetos, considerando as cinco dimensões elencadas: institucional, sociocultural, econômico, infraestrutural e ambiental. Os representantes dos comitês foram indicados por instituições públicas e organizações da sociedade civil que atuam mais diretamente nas atividades vinculadas a cada uma das dimensões setoriais do desenvolvimento regional. Este ano, cada comitê se reuniu três vezes, nos meses de maio, agosto e novembro. Este trabalho contou com a assessoria do Núcleo de Gestão Pública da Unisc.

O objetivo do sistema de gestão e governança do Plano Estratégico, conforme destacou o presidente do Corede/VRP, Heitor Álvaro Petry, é de propor uma organização e o funcionamento de uma estrutura de gestão que permita a adequada coordenação, controle e gestão do processo de planejamento regional, notadamente a execução e concretização dos projetos setoriais regionais prioritários, escolhidos pela comunidade regional.

Neste sentido, de acordo com Petry, começamos a construir uma fase nova, proposta pelo Fórum dos Conselhos Regionais, que é a aproximação com o BRDE. “Onde antes as possibilidades se limitavam apenas aos recursos estaduais, via Consulta Popular, hoje está se criando um cenário novo, com novas possibilidades para o ano de 2019”, frisou Petry.

Logo após a assembleia do Corede/VRP será feita uma reunião de trabalho com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul-BRDE, oportunidade em que o Diretor Luiz Corrêa Noronha, fará o detalhamento da metodologia de trabalho e a análise e seleção dos projetos passíveis de serem financiados.

Conforme o coordenador da Consulta Popular, Teonas Fabiano Baumhardt, que estará acompanhamento a reunião, é importante que os integrantes de entidades como as associações comerciais e industriais dos municípios, os empresários, empreendedores, prefeitos, participem, tendo em vista a vasta linha de crédito para projetos com recursos nacionais e internacionais voltados a infraestrutura dos municípios, como calçamento, asfalto, iluminação pública, parque de máquinas, denominado BRDE Municípios.

É imprescindível também a participação dos técnicos que construíram os projetos do Plano Estratégico Regional, para auxiliar no entendimento da carteira de 39 projetos. O coordenador Teonas salientou que os técnicos do banco ficarão à disposição, caso houver interesse, no turno da tarde, das empresas, para uma discussão mais ampla ou alguma prefeitura queira um atendimento individualizado, a chamada rodada de negócios.

 

Os coordenadores dos comitês setoriais do Planejamento Estratégico do Vale do Rio Pardo são:

Estratégia 1 – INSTITUCIONAL

Dino Marcos de Almeida (Assessor Deputado Federal Heitor Schuch) e Giselda Petry (AMVARP)

Estratégia 2 – SOCIOCULTURAL

Iris Lenz Ziani (Prefeitura Municipal de Vera Cruz) e Salete dos Passos Faber (Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Cruz do Sul, Sinimbu, Vale do Sol e Herveiras)

Estratégia 3 – ECONÔMICO

Nicéia Wünsch (Associação Comercial e Industrial de Santa Cruz do Sul) e Jeferson Klunk (SICREDI VRP)

Estratégia 4 – INFRAESTRUTURAL

Hélio Eduardo Pires (Microempresário) e Aldemir José de Menezes Santos (Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rio Pardo)

Estratégia 5 – AMBIENTAL

Isabela Holtemann Lagreca (UERGS) e Lênio Augusto Trevisan (Prefeitura Vale do Sol)