Educação infantil 10/01/2019 23h33 Atualizado às 10h00

Primeira creche está perto de ficar pronta em Vale do Sol

Capaz de atender mais de 90 estudantes, unidade já tem lista com 49 inscritos. Investimento é de mais de R$ 1 milhão

Se a previsão se concretizar, janeiro reserva uma grande notícia para Vale do Sol: a conclusão da primeira creche do município. Com um custo total de R$ 1.047.934,79, repassado pelo governo federal, a obra vai possibilitar o atendimento de 96 estudantes em tempo integral. Para o primeiro ano de funcionamento, 49 já estão inscritos.

Segundo o secretário de Finanças Claudiomir Karnopp, contudo, a espera pela conclusão vem de longa data. Em setembro de 2013 foi firmado termo de compromisso entre o Município e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A proposta inicial de construção previa uma metodologia inovadora, com placas de fibra. A empresa contratada, porém, abandonou a obra, com a rescisão do contrato ocorrendo só em novembro de 2015.

No ano seguinte, o Município solicitou alteração no projeto, para executar os 781,26 metros quadrados da creche em alvenaria, mediante nova licitação. Após assinatura do contrato com a empresa Léo Arend & Cia Ltda, em junho, as obras foram retomadas. Agora resta apenas concluir parte da colocação de vidros, forro, luminárias, louças e metais, o sistema de proteção contra incêndios e a pintura.

Um novo tempo

Com o repasse da verba pelo governo federal, Vale do Sol precisou apenas ceder um terreno para a construção da Creche Municipal do Centro, como é chamada, provisoriamente. Localizada na Rua da Emancipação, nos fundos do Hospital Vale do Sol, a conquista representa um marco na história do município, uma vez que será a primeira creche. Até o momento, a população contava apenas com escolas de educação infantil.  

Considerando dados do Rio Grande do Sul, Vale do Sol era o maior município, em número de habitantes, que não dispunha de creche. Com a finalização da obra, os vale-solenses terão a chance de ver um antigo sonho se tornar realidade. Além disso, as famílias passarão a contar com uma referência na área de educação para seus filhos.

Conforme a supervisora de educação Lucilene da Silva, assim que a nova creche entrar em funcionamento os inscritos serão convocados para a realização da matrícula, por ordem de inscrição, observando o número de vagas oferecidas. Para atuação no local, a contratação de 15 monitores está em análise poder Legislativo. As inscrições para o processo seletivo devem ocorrer ainda no mês de janeiro. Além disso, alguns professores serão transferidos, convocados ou contratados emergencialmente.