Primeira vez 11/01/2019 11h11 Atualizado às 12h34

Prefeitura oficializa criação da Secretaria de Cultura

Responsável pela pasta foi empossado na manhã desta sexta-feira

Pela primeira vez Santa Cruz do Sul passa a contar com uma Secretaria Municipal de Cultura. A oficialização da pasta foi feita na manhã desta sexta-feira, 11, no Palacinho da Prefeitura. Quem assumiu a nova pasta foi Edemilson Severo, responsável até então pela Secretaria da Fazenda, que agora passa para Délsio Mayer.

Conforme Severo, a intenção é consolidar a área da Cultura do município. “Vivo um momento de extrema felicidade por ter afinidade nesta área e receber esta missão do prefeito e poder fomentar e consolidar este projeto que no meu ponto de vista está sendo maravilhoso”, diz. Segundo o secretário, a prioridade da pasta será a readequação e modernização dos espaços culturais do município. 

Foto: Maria Regina Eichenberg/Rádio Gazeta AMEdemilson Severo já foi secretário de Políticas Públicas e da Fazenda
Edemilson Severo já foi secretário de Políticas Públicas e da Fazenda

LEIA MAIS: Prefeitura de Santa Cruz pretende criar uma Secretaria de Cultura

A criação da secretaria foi aprovada pela Câmara de Vereadores na última terça-feira, 8, na primeira reunião do ano. Com a mudança, os assuntos relacionados à Cultura saem da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e passam para a nova pasta. A Cultura terá um orçamento de R$ 1,6 milhão em 2019 e funcionará junto à nova Biblioteca Municipal, no Centro. Por enquanto o local passa por reformas, e a secretaria funcionará temporariamente no antigo espaço Assemp no Parque da Oktoberfest. 

Uma das responsabilidades da pasta será a administração do Centro de Cultura Jornalista Francisco José Frantz. Segundo o secretário, a Cultura deve fazer reparos no local ainda neste ano. Ao todo, devem trabalhar na pasta 21 pessoas.

Conforme o prefeito de Santa Cruz, Telmo Kirst, a secretaria irá impulsionar o fomento da cultura no município. “Santa Cruz merece uma área de cultura forte”, ressalta. Ele também criticou os vereadores que votaram contra o projeto de criação pasta na Câmara de Vereadores. “Votar contra a cultura é não gostar que o povo seja culto adequadamente. Eu acho um erro gravíssimo votar contra um projeto desses”, alegou. A equipe da secretaria irá se reunir na próxima segunda-feira, 14, para iniciar o trabalho.

Foto: Rodrigo AssmannProposta do governo é instalar a pasta junto à nova Biblioteca Municipal, que está sendo implantada no prédio do antigo presídio
Proposta do governo é instalar a pasta junto à nova Biblioteca Municipal, que está sendo implantada no prédio do antigo presídio