ASSEMBLEIA 07/02/2019 06h17

Deputados criam grupo para apoiar duplicação da 287

Frente parlamentar pretende unir forças ao empresariado e à sociedade na busca pela viabilização da obra

A luta pela duplicação da RSC-287, no trecho Santa Maria–Tabaí, passa a contar com o apoio de uma frente parlamentar. A criação ocorreu na sessão da Assembleia Legislativa na última terça-feira, em Porto Alegre. O deputado Valdeci Oliveira (PT) obteve 25 assinaturas de colegas de diferentes bancadas, o que possibilitou protocolar o requerimento para criação do grupo. Na próxima semana, a Mesa Diretora deve dar o aval para a instalação formal, que tem previsão de ocorrer até a segunda quinzena de março.

LEIA MAIS: Concessão da RSC-287 deve sair ainda no primeiro semestre

Em entrevista à Rádio Gazeta ontem, o deputado afirmou conhecer a realidade da rodovia de perto. “Sou de Santa Maria e há oito anos trafego por lá toda semana, no mínimo duas vezes. Sei da importância e o que significa a duplicação para o Estado.” Segundo Oliveira, o principal propósito da frente é fortalecer aquilo que vem sendo levantado pelos setores político e empresarial de regiões como o Vale do Rio Pardo, que integra o grupo Duplica 287.

Para o presidente da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Santa Cruz, Lucas Rubinger, a notícia deve ser comemorada. “Traz mais confiança e reforça o comprometimento e a seriedade com que o assunto está sendo tratado. Também mostra o quanto os deputados estão comprometidos com o Rio Grande do Sul”, afirma. “Estamos confiantes de que até os cem primeiros dias de governo vamos evoluir muito nesse processo de concessão da RSC-287.”

No fim de janeiro, em um encontro com o prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom, o governador Eduardo Leite mencionou a concessão da RSC287 à iniciativa privada ainda no primeiro semestre desse ano, o que seria prioridade para o governo. Enquanto isso, a estrada é administrada pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).