Mudança 10/02/2019 18h26

Como ficará o acesso às novas ruas de mão única em Santa Cruz

Até o fim de março, Júlio de Castilhos e 28 de Setembro passarão a ter só um sentido. Motoristas devem atentar para sinalização

Anunciada há duas semanas pela Prefeitura de Santa Cruz do Sul, a transformação das ruas Júlio de Castilhos e 28 de Setembro em mão única deve ser concluída até o fim do mês de março. Enquanto as equipes se mobilizam em intervenções como alargamento de pista, construção de canteiros e instalação de iluminação com lâmpadas led, algumas dúvidas sobre o ingresso a essas ruas – especialmente pela lateral da BR-471 – ainda estão no ar.

Conforme o secretário de Obras e Infraestrutura, Leandro Kroth, as mudanças integram o estudo de mobilidade urbana apresentado há um ano pela empresa PróCidades. “Todas as intervenções foram pensadas para tornar o trânsito mais fluido”, diz. As obras para transformação das pistas começaram em 28 de janeiro.

Restam, ainda, quatro etapas: realizar a escavação para colocar o rachão e finalizar o asfalto, executar a divisão de pista na lateral da BR-471, adicionar as placas de sinalização e realizar a pintura de pista no sentido único. “Ao longo das duas vias serão colocadas 80 placas para orientar os motoristas a seguirem no mesmo sentido. Quanto às sinaleiras, vamos tirar só aquelas que estarão no sentido oposto. As demais permanecerão”, acrescentou o secretário de Transportes e Serviços Urbanos, Gérson Vargas.

Na 28 de Setembro a mudança ocorrerá a partir da Carlos Trein Filho até a alça lateral da BR471. Os veículos somente poderão descer a rua no sentido Centro–bairro. Já a Júlio de Castilhos vai adotar o sentido contrário – os veículos apenas poderão subir em direção ao Centro, desde a alça lateral da BR-471 até a Carlos Trein Filho. Não haverá modificações nos semáforos instalados na rodovia. 

Mudanças 

Os motoristas que vêm da Rua 28 de Setembro terão duas opções: ingressar na BR-471 como era antes ou retornar para o Centro pela alça lateral efetuando uma conversão à esquerda. 

A alça lateral da BR-471 vai mudar de direção. Somente veículos que vêm da Rua 28 de Setembro poderão acessála para retornar à Júlio de Castilhos e se deslocar ao Centro novamente. Um divisor com defensas de concreto ajudará os motoristas a se localizar e não invadir a pista contrária. Não há a necessidade de os motoristas atravessarem a rodovia para retornar ao Centro. 

O motorista que estiver na BR-471 sentido Venâncio–Santa Cruz e desejar ingressar no Centro deverá cruzar a rodovia, fazer a rótula pela direita, dobrar na pista central e seguir em direção à Júlio de Castilhos sem precisar parar. Já o condutor que se desloca da Rodoviária deve passar o cruzamento da Travessa Vinicius de Morais e ingressar na Júlio, 

Veja no infográfico 

Foto: Reprodução