Santa Cruz 14/03/2019 16h19

Subprefeituras terão pontos de coleta para lixo eletrônico

Projeto será colocado em prática a partir do mês de abril

A partir de abril as subprefeituras de Linha Santa Cruz, Boa Vista, Monte Alverne, Paredão, Rio Pardinho e a Escola Emanuel, em São José da Reserva terão pontos de coleta para o lixo eletrônico através do projeto Consciência Limpa, idealizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Saneamento e Sustentabilidade. Na cidade, a Central de Recebimento de Eletrônicos e Pneumáricos (Crepel) é o ponto para a entrega desses materiais.

A iniciativa busca possibilitar que os moradores do interior de Santa Cruz do Sul consigam descartar, de forma fácil, esse tipo de resíduo. “Consciência limpa é um termo que as pessoas que vivem no interior gostam muito de usar. E a ideia é essa mesma: fazer a coisa certa, descartar os materiais de forma correta, sem agredir o meio ambiente”, explicou o secretário da pasta, Raul Fritsch.

Ainda segundo o secretário, em geral, equipamentos eletrônicos como monitores de computador, telefones celulares e baterias, computadores, televisores, câmeras fotográficas e impressoras são descartados quando apresentam algum defeito ou se tornam antigos, podendo se transformar em um sério problema quando o descarte é realizado de maneira incorreta.

“Dispositivos eletrônicos demoram bastante tempo para se decompor na natureza e contam com uma quantidade considerável de substâncias químicas que poluem o solo e a água. Queremos ajudar as pessoas, facilitando o acesso delas a um serviço que é inédito no município, porém essencial para garantir a qualidade de vida do nosso planeta”, observa. 

Como vai funcionar

A ideia é que uma vez por mês uma empresa parceira do Município, devidamente licenciada, faça o recolhimento dos materiais nas subprefeituras de Linha Santa Cruz, Boa Vista, Monte Alverne, Paredão, Rio Pardinho e na Escola Emanuel, em São José da Reserva. Cada um desses locais terá um compartimento padrão para que os moradores possam depositar o lixo eletrônico, em qualquer dia da semana, durante o horário de funcionamento dos departamentos. O que puder ser aproveitado será encaminhado para reciclagem e o que não tiver nenhum tipo de utilidade será corretamente descartado.