Investimento 11/04/2019 08h01 Atualizado às 15h51

Veja como será a megaloja da Havan em Santa Cruz do Sul

Expectativa é que até o meio da semana que vem tenha início a terraplanagem no terreno escolhido pela empresa

A rede catarinense Havan finalizou o projeto da unidade que vai ser implantada em Santa Cruz do Sul. O pedido de autorização para o início das obras precisa ser analisado pela Prefeitura. Somente após a avaliação do Município é que a construção pode começar. O investimento previsto é de R$ 30 milhões com a geração de 150 empregos.

A expectativa é que até o meio da semana que vem tenha início a terraplanagem no terreno escolhido pela empresa, na BR-471, próximo à estação rodoviária. A rede tem pressa para começar a operar em Santa Cruz e a meta é abrir as portas até a Oktoberfest. 

LEIA MAIS: Havan começa a preparar terreno que vai receber megaloja em Santa Cruz

O Secretário do Planejamento de Santa Cruz, Jeferson Gerhardt, adianta que a Prefeitura não tem como estimar o tempo necessário para a análise do pedido de início de obras. Ele explica que, se tudo estiver correto, o trâmite deve ser rápido e junto vai sair o alvará para a construção e o alvará de funcionamento.

A loja

O projeto prevê a construção de 8,4 mil metros quadrados. A altura do prédio será de 11,6 metros. Assim como em todas as lojas da rede Havan, haverá a famosa Estátua da Liberdade em Santa Cruz do Sul. A estrutura metálica, de fibra e ferro, é feita em Balneário Camboriú, em Santa Catarina. O monumento tem 30 metros de altura.

A megaloja terá ampla área de vendas, praça de alimentação, depósito, sanitários públicos e espaço de apoio a funcionários (refeitório, TI, RH, vestiários, sanitários e tesouraria). A área total do terreno conta com 24,3 mil metros quadrados. Nele, segundo o projeto, estão previstas 366 vagas de estacionamento, sendo dez reservadas para pessoas com necessidades especiais e 20 para idosos.  Haverá duas opções para entrada – uma pela BR-471 e outra pela Rua Olaria.

Seleção 

Assim que as obras iniciarem, a Havan começa a dar andamento ao processo de contratação dos funcionários. A expectativa é receber até 10 mil currículos de interessados em atuar na megaloja. Duas pessoas vão ser selecionadas no início das obras para atuar no recebimento do material de construção. Já as demais admissões vão demorar um pouco mais para acontecer. 

A projeção é que a seleção da maior parte dos funcionários ocorra quando a obra chegar a 60% de conclusão. A única vaga que não é ocupada por moradores da região é a de gerente. Ao todo, 150 pessoas vão trabalhar na megaloja. Na primeira etapa, 90 vão ser chamadas e passarão por treinamento de duas semanas a 18 dias em outra unidade. Já os 60 restantes só vão ser contratados pouco antes da abertura e passam por treinamento em Santa Cruz.

LEIA MAIS: Como será feita a seleção da Havan em Santa Cruz

Entre os cargos que a Havan vai contratar estão conferentes, vendedores de eletrônicos, operadores comerciais e de caixa, fiscais de loja, apoio de caixa, crediário, zeladoria, líderes de departamentos e recursos humanos.

Veja imagens do projeto 

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução