Santa Cruz 13/04/2019 00h19 Atualizado às 20h42

Encontro Tá na Hora debate concessão da 287 no dia 22

A reunião-almoço Tá Na Hora de abril será um debate sobre o tema O futuro da Concessão da 287

A reunião-almoço Tá Na Hora de abril será um debate sobre o tema O futuro da Concessão da 287. Promovido pela Associação Comercial e Industrial (ACI) de Santa Cruz do Sul, o evento ocorre no próximo dia 22, às 12 horas, no restaurante do Hotel Águas Claras Higienópolis. Dois nomes de referência na área técnica sobre o tema serão palestrantes: Luiz Afonso dos Santos Senna, secretário de Mobilidade Urbana de Porto Alegre e diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), e Roberto de Barros Calixto, diretor-presidente da CCR ViaSul, empresa do Grupo CCR.
 

LEIA MAIS 


O empresário e administrador Lucas Rubinger, presidente da ACI – uma das entidades que integram o Movimento Duplica 287 –, será o mediador do encontro. A proposta, segundo ele, é trazer a experiência e o olhar técnico desses especialistas para levantar subsídios que orientem a comunidade regional a definir as  demandas a reivindicar na audiência pública referente ao projeto de concessão da RSC 287 à iniciativa privada.


 O Tá na Hora conta com o patrocínio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Souza Cruz, Universidade de Santa Cruz (Unisc), Unimed, JTI, Grupo RBS e Universal Leaf. Os ingressos podem ser adquiridos na secretaria da ACI (Rua Venâncio Aires, 633, sala 4), ao preço de R$ 60,00 para associados e R$ 80,00 para não associados. Mais informações pelo telefone/WhatsApp (51) 3713 1400 ou e-mail relacionamento@acisantacruz.org.br.

Palestrantes

Foto: Divulgação

Luiz Afonso dos Santos Senna

Professor titular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), pós-doutorado pela University of Oxford (Inglaterra), mestre em Engenharia de Transportes pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e engenheiro civil formado pela Ufrgs.

Foto: Divulgação

 

 Roberto de Barros Calixto

Formado em Engenharia Civil pela Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais, com especialização em Administração pela Universidade de São Paulo (USP). Já trabalhou em dez Estados da Federação, além do exterior, em diversos projetos, obras e complexos de infraestrutura rodoviária, além de atuar nas áreas de siderurgia, hidrelétrica e portuária.