Saúde 23/04/2019 08h27

Projeto para contratação de médicos residentes vai para a Câmara

Proposta foi aprovada nessa segunda-feira, 22, pelo Conselho Municipal da Saúde e ainda nesta semana será enviada para a análise dos vereadores

Depois de ser aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde nessa segunda-feira, 22, o projeto que cria o complemento para os programas de residência médica em saúde da família em Santa Cruz do Sul será enviado, pelo prefeito Telmo Kirst, à Câmara de Vereadores nesta quinta-feira, 25. Segundo o secretário municipal de Saúde, Régis de Oliveira Júnior, a expectativa é que os vereadores aprovem a iniciativa. 

Com a contratação de clínicos gerais que estão fazendo residência médica em saúde da família, a Secretaria Municipal de Saúde pretende amenizar o problema da falta de profissionais em postos da cidade. A ideia da Prefeitura é pagar um complemento de R$ 2 mil por mês à bolsa de R$ 3,3 mil por mês que os residentes em saúde da família já recebem do Ministério da Saúde para atuarem em projetos nos bairros mantidos pela Unisc.

A bolsa da Prefeitura será de 60 horas semanais de trabalho, sendo 40 horas de atendimento nos postos de saúde e 20 horas em plantões e aulas teóricas. Caso a Câmara aprove o projeto de lei, inicialmente serão contratados cinco residentes. No ano que vem seriam mais cinco contratações. “Como há uma falta significativa de médicos, a gente vai conseguir utilizar essa mão de obra e, inclusive, qualificá-los para mantê-los no nosso quadro de profissionais médicos”, observa Régis. 

LEIA MAIS: Prefeitura quer contratar médicos residentes para os postos